Teresina - PI

PRF afirma que médico Tovar Luz invadiu pista contrária na BR 343

Conforme o inspetor da PRF, Alexsandro Lima, durante o atendimento da ocorrência, os policiais chegaram a conversar com o condutor do caminhão e constataram que ele não estava sob efeito de álcool.

Victória Xavier
Teresina
- atualizado

A Polícia Rodoviária Federal concluiu que o Honda Civic conduzido pelo médico Tovar Vicente da Luz, de 36 anos, que faleceu vítima de um acidente de trânsito nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (10), invadiu a pista contrária vindo a se chocar frontalmente em uma carreta carregada de cimento.

De acordo com o inspetor da Polícia Rodoviária Federal do Piauí (PRF-PI), Alexsandro Lima, durante o atendimento da ocorrência, os policiais chegaram a conversar com o condutor do caminhão e constataram que ele não estava sob efeito de álcool. "Ele contou como aconteceu o acidente. O motorista do veículo de carga também não apresentou indícios de ingestão de bebida alcoólica”, detalhou o inspetor Alexsandro.

O GP1 apurou junto à perícia da Polícia Civil que a velocidade do caminhão no momento do acidente era de 80km/h, compatível com a velocidade regulamentada da rodovia. Com a violência do impacto, o Honda Civic conduzido por Tovar Vicente da Luz ficou completamente destruído e uma equipe do Corpo de Bombeiros precisou remover partes do carro para conseguir ter acesso ao corpo do jovem médico, que perdeu a vida no trágico acidente.

O motorista da carreta permaneceu no local e depois foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina para a realização dos procedimentos cabíveis.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Médico Tovar Luz morre em acidente envolvendo carreta na BR 343

Enterro de Tovar Luz acontece às 17h no Cemitério Jardim da Ressurreição

CRM-PI lamenta morte do médico Tovar Luz em acidente na BR 343

"Ele era um médico muito humano", afirma primo de Tovar Luz