São Francisco do Piauí - PI

Promotor instaura procedimento contra a ex-prefeita Raimunda Soares

Na portaria de nº 48/2017, de 7 de setembro, o promotor disse que foi informado pelo Tribunal de Contas sobre decisão condenando a ex-prefeita Raimunda Soares.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O promotor Carlos Rubem Campos Reis, do Ministério Público do Estado do Piauí, instaurou um procedimento administrativo para investigar possível falta de cumprimento de decisão judicial por parte da ex-prefeita de São Francisco do Piauí, Raimunda Soares de Carvalho.

Na portaria de nº 48/2017, de 7 de setembro, o promotor disse que foi informado pelo Tribunal de Contas sobre decisão condenando a ex-prefeita Raimunda Soares ao pagamento de débito para ressarcimento de dinheiro aos cofres públicos por irregularidades na prestação de contas referentes ao exercício financeiro de 2008, onde ele foi designado para acompanhar o cumprimento da decisão.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Ministério Público do Estado do PiauíMinistério Público do Estado do Piauí

Carlos Rubem explicou que recebeu ofício do atual prefeito de São Francisco do Piauí, Antônio Martins de Carvalho, mais conhecido como Antônio de Lú, “que dá conta da inexistência nos arquivos da Prefeitura do citado município, bem como no sistema de consulta processual do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí de quaisquer informações acerca da quitação voluntária ou por meio de execução fiscal do débito imputado a Raimunda Soares de Carvalho”.

“Incumbe ao Ministério Público a defesa da ordem jurídica, do regime democrático, do patrimônio público e social, da moralidade e das eficiências administrativas e de outros interesses difusos e coletivos”, destacou o promotor.

Outro lado

Procurada pelo GP1 nessa quinta-feira (09) a ex-prefeita não foi localizada para comentar o caso. O GP1 fica aberto a quaisquer esclarecimentos.