Miguel Alves - PI

Saiba as medidas adotadas em Miguel Alves no combate ao coronavírus

Uma tenda foi instalada na avenida principal do Centro da cidade para distribuir senhas e Equipamentos de Proteção Individual, as chamadas EPI's.

Nathalia Carvalho
Teresina
- atualizado

Saiba as medidas adotadas em Miguel Alves no combate a Covid-19

Em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), algumas prefeituras do Piauí têm adotado o trabalho de sanitização das ruas como medida preventiva. Em outras cidades, como em Miguel Alves, localizada a 110 Km da capital, essa sanitização também foi adotada nas barreiras sanitárias.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Prefeitura de Miguel AlvesPrefeitura de Miguel Alves

Barreiras sanitárias

Em todo o estado as barreiras sanitárias estão sendo realizadas nas saídas e entradas dos municípios para controlar o fluxo de veículos, orientando também sobre o uso de máscaras em razão da pandemia. Conforme o prefeito de Miguel Alves, Oliveira Júnior (PT), no município os agentes da Vigilância Sanitária, além de checarem a temperatura por meio do termômetro infravermelho e demais sintomas, também fazem o trabalho de sanitização dos carros com pulverizadores. Nesse processo, o agente munido do equipamento que contém uma mistura de hipoclorito de sódio borrifa por toda a extensão do veículo e só depois que é feita a liberação.

Quando há suspeita de covid-19, os agentes coletam informações do motorista ou passageiro que apresenta os sintomas e encaminha para as autoridades responsáveis. “Essas barreiras têm o objetivo de parar esses transportes, ver de onde eles estão vindo e muitas vezes o nosso termômetro infravermelho, que indica a temperatura, aponta pessoas com febre. Quando é do nosso município, a gente já encaminha para o sistema de saúde, se é dos municípios vizinhos a gente entra em contato com os secretários de saúde desses municípios e informa o endereço dessas pessoas para que as equipes de lá façam esse acompanhamento”, explicou o prefeito Oliveira Júnior ao GP1.

Além dessa sanitização também foi feita a aquisição dos Equipamentos de Proteção Individuais (EPI’s) que foram destinados uma parte para as equipes de Vigilância Sanitária e agentes da Secretaria Municipal de Saúde e outra parte para distribuir entre a população.

Pontos de distribuição de EPI’s

Apesar dos decretos que determinam o isolamento social, muitas pessoas ainda precisam ir a agências bancárias para resolver problemas de rotina, por isso foi montada uma estrutura na avenida principal do centro da cidade onde estão sendo distribuídas parte desses EPI’s.

Uma outra medida pensada para evitar a proliferação do vírus foi a instalação de equipamentos no decorrer da avenida que, ao ser pressionado com o pé, disponibiliza álcool em gel sem que seja necessário tocar no objeto. “Nós tivemos também analisando o fluxo de pessoas no centro da nossa cidade nos comércios, bancos, lotéricas, onde essas pessoas são obrigadas a saírem para resolverem seus problemas. Colocamos tendas com cadeiras na distância correta cada uma na distância cabível para evitar contaminação com a covid-19”, disse o prefeito.

Monitoramento dos casos

Ainda segundo o gestor, equipes da Secretaria Municipal de Saúde continuam realizando o monitoramento das pessoas que foram infectadas pela covid-19. Há também uma ala que está sendo preparada somente para pacientes confirmados e com suspeita de coronavírus, no hospital de Miguel Alves.

“A nossa equipe de monitoramento clínico faz um acompanhamento diário a essas pessoas, tanto as que já estão infectadas, no acompanhamento psicológico e domiciliar, levando a essas pessoas uma autoestima e acompanhando cada sintomatologia desses pacientes, como também as pessoas que estão de quarentena porque a gente sabe que não é um processo fácil”, informou.