Teresina - PI

SAMU atendeu 57 foliões que precisaram de serviços durante o Corso

O posto médico ficou montado no estacionamento da Ponte Estaiada.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Teresina atuou durante toda a festa do Corso. Foram realizados 57 atendimentos e três remoções de pacientes (dois para hospitais da rede municipal e um para hospital da rede particular). O posto médico ficou montado no estacionamento da Ponte Estaiada e contou com médico urgentista, enfermeiros intervencionistas, técnicos de enfermagem.

“O fluxo do atendimento dentro do estande foi realizado da seguinte forma: O paciente ao entrar no local foi acolhido pelo médico ou enfermeiro que fez a classificação de risco e simultaneamente um técnico fez a ficha de atendimento. Em seguida, dependendo da classificação do risco, o mesmo foi atendido em macas e colocado em observação, sendo avaliado constantemente. Aqueles que apresentaram melhora do quadro clínico receberam alta do pronto atendimento”, explicou Eduardo Cordeiro, médico do SAMU.

  • Foto: Divulgação/AscomSAMU atendeu 57 foliões que precisaram de serviços durante o Corso SAMU atendeu 57 foliões que precisaram de serviços durante o Corso

O trabalho envolveu todos os hospitais da Rede Municipal, pois além do estande montado com as equipes do SAMU, ainda tinham uma ambulância do Corpo de Bombeiro localizada no Balão de Newland, uma ambulância do SAMU localizada no cruzamento da rua João Elias Tarjra com a rua Raul Lopes, bem como uma equipe extra no hospital da Primavera para dar suporte aos foliões. O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) ficou como referência para os casos graves.

Mais conteúdo sobre: