Coronavírus no Piauí

Sasc vai investir R$ 1 milhão em alimentos para famílias durante pandemia

Será empregado exatamente R$ 1.483.500,00 (um milhão e quatrocentos e oitenta e três mil e quinhentos reais) na compra das cestas, que vão ser entregues à população em maior vulnerabilidade social.

Thais Guimarães
Teresina

A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc) vai investir mais de R$ 1 milhão na aquisição de cestas básicas, que serão distribuídas para famílias dos municípios piauienses durante a situação de calamidade pública decorrente da pandemia de coronavírus (covid-19). A Resolução foi publicada no Diário Oficial do Piauí no dia 10 de junho.

Será empregado exatamente R$ 1.483.500,00 (um milhão e quatrocentos e oitenta e três mil e quinhentos reais) na compra das cestas, que vão ser entregues à população em maior vulnerabilidade social.

Os recursos utilizados na execução do projeto serão extraídos do Fundo Estadual de Combate a Pobreza (FECOP). A proposta da Sasc foi aprovada pelo Conselho de Políticas de Combate à Pobreza (CONFECOP), órgão colegiado deliberativo responsável pela formulação de políticas e diretrizes para execução dos recursos do FECOP.

“O projeto tem por objetivo adquirir e distribuir cestas básicas para famílias de baixa renda, tendo em vista que as mesmas estão impossibilitadas de exercer alguma atividade econômica, em decorrência da necessidade do isolamento social por conta da pandemia do coronavírus em municípios do Estado do Piauí”, diz a resolução aprovada pelo Conselho deliberativo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Motoristas de aplicativo receberão cestas básicas da Prefeitura de Teresina

Covid-19: Piauí tem 31,9% dos leitos de UTIs disponíveis