Teresina - PI

Sejus abre procedimento para investigar morte de detento em Teresina

A Secretaria de Justiça confirmou que Neurivan Alves Loiola Filho foi encontrado morto no pavilhão C da unidade prisional, após uma vistoria de uma equipe de agentes penitenciários no local.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

A Secretaria de Justiça do Estado informou que vai abrir um procedimento administrativo para investigar como se deu as causas da morte do detento identificado como Neurivan Alves Loiola Filho na Penitenciária Professor José Ribamar Leite, também conhecida como Casa de Custódia de Teresina.

O corpo do preso foi encontrado neste sábado (20), contudo ele veio a óbito na sexta-feira (19). A secretaria de justiça confirmou que Neurivan Alves Loiola Filho foi encontrado morto no pavilhão C da unidade prisional, após uma vistoria de uma equipe de agentes penitenciários no local.

  • Foto: Helio Alef/GP1IML removeu o corpo do presidiário da Casa de CustódiaIML removeu o corpo do presidiário da Casa de Custódia

Além da secretaria, o caso também foi comunicado à Polícia Civil do Estado. Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local e o corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Detento respondia por homicídio em bloco de Carnaval na Capital

Neurivan Alves Loiola Filho, conhecido como “Neném”, era apontado como o autor do homicídio do empresário Mayk William Pereira Portela, de 23 anos, morto no bloco de carnaval “Tome Dalila”, próximo à Praça do Mafrense, zona norte de Teresina, no último dia 12 de fevereiro de 2018. Na mesma ocasião, o primo da vítima ainda foi baleado, mas resistiu aos ferimentos.

  • Foto: Facebook/Mayk WillamiMayk Willami Pereira PortelaMayk Willami Pereira Portela

Neurivan Alves acabou sendo preso pela Polícia Militar no município de Manoel Emídio, no dia 03 de março do ano passado, menos de um mês após o crime. Contra ele pesavam ainda acusações de outros homicídios na Capital.

Confira a nota:

A Secretaria de Estado da Justiça informa que o detento Neurivan Alves Loiola Filho foi encontrado morto, na tarde de hoje (20), em uma das celas do pavilhão C da Penitenciária Prof. José Ribamar Leite. O fato foi constatado após vistoria da equipe de plantão da unidade. O óbito foi comunicado à Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Instituto Médico Legal (IML), que esteve no local para procedimentos legais acerca do caso. A Sejus também abrirá procedimento administrativo para apurar a ocorrência.