Anísio de Abreu - PI

TCE julga irregular concurso da Prefeitura de Anísio de Abreu

Consta no processo, que o atual prefeito, Raimundo Nei foi notificado para se manifestar sobre o processo e apresentar a documentação necessária já que é o atual gestor, o que não aconteceu.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) julgou irregular um concurso público de Edital nº 01/2015, realizado pela Prefeitura de Anísio de Abreu, na gestão do ex-prefeito Isaac Antão de Carvalho Neto. Atualmente o prefeito é Raimundo Nei.

Na análise do concurso foram constatados problemas relacionados a ausência de informações sobre a comissão organizadora, falta de cadastro de parte dos cargos ofertados no certame, extrapolação dos limites com gastos com pessoal, ausência de especificação da categoria do cargo de motorista, entre outras falhas editalícias.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Contas do EstadoTribunal de Contas do Estado

Consta no processo, que o atual prefeito, Raimundo Nei foi notificado para se manifestar sobre o processo e apresentar a documentação necessária já que é o atual gestor, o que não aconteceu.

Os conselheiros do TCE decidiram então julgar pela irregularidade do concurso realizado pela prefeitura de Anísio de Abreu, assim como a aplicação de multa no valor de 1.000 UFR-PI, que é o equivalente a R$ 3.420 mil.

Participaram do julgamento os conselheiros Kleber Dantas Eulálio, Jackson Nobre Veras, Alisson Felipe de Araújo e Jaylson Fabianh Lopes Campelo, além do representante do Ministério Público de Contas, o procurador Plínio Valente Ramos Neto. A decisão foi publicada no Diário Oficial do TCE do dia 25 de fevereiro.