Curralinhos - PI

TCE reprova a prestação de contas do ex-prefeito Reginaldo Betinha

Foi então aplicada uma multa no valor de 3000 UFR-PI, que corresponde a R$ 10.260 mil, que será recolhida ao Fundo de Modernização do Tribunal de Contas do Estado do Piauí.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) reprovou a prestação de contas de gestão e de governo do ex-prefeito de Curralinhos, Reginaldo Soares Teixeira, mais conhecido como Reginaldo Betinha, referente ao exercício financeiro de 2015. A decisão foi publicada pelo Diário Oficial do TCE desta terça-feira (8).

No julgamento os conselheiros levaram em consideração as irregularidades encontradas relacionadas a inadimplência junto à Eletrobras no valor de R$ 631.763,46 mil, contratação com empresa impedida de contratar com a administração pública, fracionamento de despesas, ausência de licitação, entre outras coisas.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Contas do EstadoTribunal de Contas do Estado

Foi então aplicada uma multa no valor de 3000 UFR-PI, que corresponde a R$ 10.260 mil, que será recolhida ao Fundo de Modernização do Tribunal de Contas do Estado do Piauí após o trânsito em julgado da decisão.

Participaram do julgamento os conselheiros Waltânia Maria Nogueira de Sousa Leal Alvarenga, Lilian de Almeida Veloso Nunes Martins e Delano Carneiro da Cunha Câmara, além do representante do Ministério Público de Contas, o procurador Plínio Valente Ramos Neto.