Teresina - PI

TJ marca julgamento de acusada de matar o próprio irmão em Teresina

A vítima morreu depois de ser golpeada com uma garrafa de cerveja quebrada no abdômen. A suspeita do crime, irmã da vítima foi presa pelo DHPP no bairro Cabral.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

A 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), marcou para esta terça-feira (18), a audiência de instrução e julgamento de Mariana Cruz Silva, acusada de assassinar o próprio irmão, Francisco Eduardo da Silva Neto, 24 anos, com um gargalo de uma garrafa de cerveja no bairro Real Copagre, no dia 30 de junho de 2019.

A acusada foi denunciada pelo Ministério Público do Piauí (MPPI) no dia 5 de setembro de 2019. A denúncia foi recebida pela juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara de Tribunal Popular do Júri, que nos autos, considerou que a materialidade do crime ficou comprovada por meio do exame pericial cadavérico e que autoria da acusada se atribuiu com os depoimentos colhidos na investigação.

  • Foto: DivulgaçãoFrancisco Eduardo da Silva NetoFrancisco Eduardo da Silva Neto

Prisão revogada

No dia 24 de setembro do ano passado, a 2ª Câmara Especializada Criminal, do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, decidiu conceder habeas corpus para revogar a prisão preventiva de Mariana. De acordo com a decisão, ficou configurado o constrangimento ilegal da prisão cautelar da acusada, tendo em vista, a falta de fundamentação idônea do magistrado acerca da necessidade da mesma.

Relembre o caso

Um jovem identificado como Francisco Eduardo da Silva Neto, de 24 anos, morreu depois de ser golpeado com uma garrafa de cerveja quebrada no abdômen, por volta de 19h do dia 30 de junho de 2019, na Rua Cristal, no bairro Real Copagre, na zona norte de Teresina.

Mariana Cruz Silva, irmã da vítima, foi presa pela equipe do DHPP Norte, no bairro Cabral, suspeita do crime.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

TJ manda soltar mulher acusada de matar o próprio irmão em Teresina

Acusada de matar o próprio irmão em Teresina vira ré na Justiça

Acusada de assassinar o próprio irmão é presa no bairro Cabral

Jovem é assassinado em Teresina e suspeita é a própria irmã

Mais conteúdo sobre: