Picos - PI

Wellington Dias autoriza retomada das obras do novo hospital de Picos

O Centro de Referência Médica vai contar com uma estrutura com 152 leitos de internação, 10 leitos de UTI pediátrica, 10 leitos de UTI adulto e centro cirúrgico com 5 alta de complexidade.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

No início da tarde desta quinta-feira (9) o governador Wellington Dias (PT) e o secretário de Estado de Saúde, Florentino Neto, assinaram o termo de retomada das obras do novo hospital público do município de Picos orçada no valor total de R$ 29.495.359,79. A assinatura do termo foi transmitida ao vivo nas redes sociais do Governo do Piauí e da Sesapi.

O prefeito da cidade, Padre Walmir Lima (PT), participou do ato virtualmente. O secretário da Fazenda, Rafael Fonteles, que é um dos coordenadores do PRO Piauí, também esteve presente. O Centro de Referência Médica vai contar com uma estrutura com 152 leitos de internação, 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, 10 leitos de UTI adulto e centro cirúrgico com 5 salas de alta de complexidade.

  • Foto: Reprodução/FacebookRafael Fonteles, Wellington Dias e Florentino NetoRafael Fonteles, Wellington Dias e Florentino Neto

O governador anunciou que a retomada das obras fazem parte do PRO Piauí II, onde serão lançadas diversas obras em todo o Piauí com investimento de cerca de R$ 311 milhões. “Hoje da parte social do PRO Piauí II, vamos lançar um conjunto de ações, um conjunto de obras, em Teresina cito a Nova Maternidade, que as obras vão seguir. Temos investimento no Centro de Reabilitação em São João e em Parnaíba, que estão em andamento. Vamos transformar a cidade de Picos em um polo de saúde do nosso Estado”, afirmou Wellington Dias.

  • Foto: Divulgação/AscomNovo hospital de Picos que será construídoNovo hospital de Picos que será construído

Entregue em 18 meses

Segundo o secretário Florentino Neto a obra no valor de R$ 29 milhões deverá ser concluída em 18 meses. “Serão 152 leitos de internação. Duas UTIs, uma pediátrica e outro adulto. Teremos a manutenção dos leitos, com serviço de nutrição feira pelo próprio hospital. Vamos contar com a área administrativa adequada. Serão R$ 29 milhões a serem aplicados na obras que deverá ser concluída em 18 meses. Temos a ordem do governador para aquisição de novos equipamentos. Aqui temos que lembrar do deputado Assis que era um entusiasta dessa obra”, disse Florentino.

“É um hospital tem uma característica de hospital geral, que servirá a Picos e toda região. É um hospital estratégico e que o Governo do Piauí investirá fortemente para ali termos mais um Centro de Alta Complexidade. O Centro cirúrgico terá cinco salas cirúrgicas e todos os equipamentos foram pensados para que lá possamos ter cirurgias de grande porte e se firmará”, completou o secretário da Saúde.

Mais de R$ 300 milhões

O secretário Rafael Fonteles, que é um dos coordenadores do PRO Piauí, disse que ao todo serão R$ 311 milhões a serem aplicados ao longo de 3 anos em novos hospitais, reformas e equipamentos.

  • Foto: Divulgação/AscomRafael Fonteles, Wellington Dias e Florentino NetoRafael Fonteles, Wellington Dias e Florentino Neto

“Na área da saúde o senhor anuncia hoje 311 milhões ao longo de três anos em investimentos de novos hospitais, reformas e equipamentos. Além dos convênios que a bancada federal garantiu, mas a parte da contrapartida, que é cerca de 1/3 estão assegurados ao longo de três anos. O hospital de Picos, por exemplo, é uma obra que vai retomar e não vai parar até estar pronto”, disse Rafael Fonteles.

Macrorregião

O prefeito Padre Walmir falou sobre a importância da obra não só para Picos como também para os mais de 50 da macrorregião que precisam de atendimento médico.

“Nossa alegria de hoje é depois de tantas idas e vindas com relação às obras do novo hospital. Espero e oro a Deus para que daqui a 18 meses a gente possa estar concluindo esse hospital, que é importante não só para Picos, mas para uma macrorregião de mais de 50 municípios. Sem deixar de reconhecer os avanços que estamos tendo na área da Saúde, as melhorias que foram realizadas no Hospital Regional atual, o avanço que temos dado, em nossa luta de atender melhor”, disse o prefeito.

“Queremos diminuir as viagens de Picos para Teresina, dos demais municípios para Teresina em busca de meios, sem às vezes chegar na metade da viagem porque chega a óbito antes de chegar a Teresina. Queremos encurtar esse sofrimento, queremos diminuir essas dificuldades e com certeza esse novo hospital irá promover a saúde e o bem estar das pessoas que precisam e dependem desse esforço”, finalizou Walmir.

Mais conteúdo sobre: