Piauí

Wellington Dias entrega viaturas e munições a polícia do Piauí

Foram entregues cinco viaturas ao Batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (BPRONE) da Polícia Militar do Piauí, e 180 mil munições e coletes balísticos à Polícia Civil do estado.

Nayrana Meireles
Teresina
- atualizado

Wellington Dias entrega novas viaturas para a Polícia Militar

O governador Wellington Dias entregou, na manhã desta quinta-feira (30), cinco viaturas ao Batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (BPRONE) da Polícia Militar do Piauí, e 180 mil munições e coletes balísticos à Polícia Civil do estado. A solenidade de entrega aconteceu na sede do BPRONE.

Além da entrega do aparato já mencionado, Wellington Dias destacou outros investimentos na segurança. “O que buscamos fazer é ampliar o quadro de policiais civis, militares e agentes penitenciários. Além das viaturas, estamos investindo em centrais de flagrantes, como em Parnaíba, em delegacias, na estrutura de companhias e comandos. A meta é descentralizar”, afirmou.

De acordo com o comandante do BPRONE, major Newmarcos Pessoa, as viaturas vão cobrir principalmente os povoados da zona rural de Teresina. “Essas cinco viaturas vieram acrescentar à nossa frota. Sei que na realidade do efetivo nós precisaríamos de mais, até o dobro, mas vamos usar o que temos. Vamos intensificar as patrulhas na zona rural para dar mais tranquilidade à região”, declarou.

O secretário de Segurança do Piauí, Fábio Abreu, ressaltou ao GP1 que as viaturas vão atender as solicitações da comunidade rural. “A qualidade dos equipamentos que estamos entregando aos policiais é de primeira qualidade, com o fim proposto, que é a área rural, para contemplar a comunidade que sempre reclamou a assistência à segurança. Contempla os policiais e principalmente a comunidade”, colocou.

Para o comandante geral da PM-PI, coronel Carlos Augusto, as novas viaturas fazem parte de um projeto contínuo de reestruturação da Polícia Militar. “A segurança pública é um dever do estado e direito e reponsabilidade de todos. Temos buscado ao longo desses três anos em frente ao comando da PM reestruturar a nossa polícia, para bem servir a comunidade”, pontuou.

Riedel Batista, delegado geral da Polícia Civil do Piauí, informou que as munições adquiridas serão utilizadas em operações e no treinamento dos policiais. “Esse é um investimento que está sendo feito ao longo de toda a gestão desde 2015. Naquele ano recebemos 240 mil munições, e agora, mais 180 mil munições, que servem para o treinamento de policiais e para serem entregues aos outros policiais que estão na ativa, ou seja, renovar essas munições para que eles possam atuar de maneira segura, além do estoque para futuras operações. Os 300 coletes serão entregues aos policiais da capital e do interior”, explicou.