Teresina - PI

Wellington Dias rebate Jair Bolsonaro e cobra respeito ao Piauí

"Há um presidente eleito, quero tratar sempre com muito respeito e queremos sempre respeito especialmente ao povo do Piauí”, declarou o governador.

Jonas Carvalho
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Na manhã desta segunda-feira (20), durante a solenidade de abertura do Ano Judiciário, no Plenário do Tribunal de Justiça, o governador Wellington Dias (PT) rebateu as críticas do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e cobrou respeito ao ‘povo do Piauí’.

Em transmissão ao vivo realizada através das redes sociais na última quinta-feira (16), Bolsonaro chegou a afirmar que o Piauí é o estado mais pobre da Federação e acusou o Chefe do Executivo Estadual de tentar barrar a exploração de vanádio em solo piauiense. Wellington Dias esclareceu o impasse e garantiu o nivelamento dos indicadores sociais graças aos programas de governo implementados desde o início do século.

  • Foto: Alef Leão/GP1Wellington DiasWellington Dias

“O estado do Piauí tem hoje uma situação em relação à erradicação da pobreza muito melhor por tudo aquilo que aconteceu de melhor no estado do Piauí principalmente neste século e também é um povo livre, independente, consciente, trabalhador e que escolhe tanto aquilo que é melhor para a sua vida, como os seus governantes livremente. Acho que é isso que é importante estabelecer”, explicou o governador.

Extração do vanádio

Quanto à instalação da empresa australiana responsável pela exploração do vanádio em solo piauiense, Wellington Dias apaziguou os termos. De acordo com ele, a empresa interessada no mineral não atendeu aos prazos estabelecidos pelo Governo e, até o momento, não há solicitação para reaver a licença.

“Sobre o investimento na área de vanádio, foi pedido uma licença para uma pesquisa, foi liberada, demorou o prazo estabelecido, não foi pedido renovação e não há nenhum pedido, porque o estado sabe a importância que tem atender aquilo que é importante para o empreendedor. Há um presidente eleito, quero tratar sempre com muito respeito e queremos sempre respeito especialmente ao povo do Piauí”, arrematou o governador.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Governo do Piauí desmente declaração do presidente Bolsonaro

Wellington Dias libera convênio entre militares e prefeituras

Mais conteúdo sobre: