GP1

Teresina - Piauí

Pai de Camilla pede expulsão do capitão Allisson Wattson da PM

“O presente que ele me deu foi essa punhalada nas costas”, comenta o pai inconformado com a tragédia.

O pai da estudante Camilla Abreu, Jean Carlo Abreu, postou um vídeo em sua rede social fazendo um apelo ao governador do estado, Wellington Dias, e ao coronel Carlos Augusto, comandante da PM, para que o capitão Allisson Wattson seja expulso da Polícia Militar. O vídeo foi postado nesta segunda-feira (08), em seu facebook.

  • Foto: Facebook/Camilla AbreuCamilla AbreuCamilla Abreu

No vídeo, Jean Abreu afirma que a não expulsão de Alisson mancha a imagem da Polícia Militar do Piauí. “Estou aqui fazendo esse vídeo para solicitar ao governador do nosso Estado, Wellington Dias, que está fazendo um bom trabalho, e para o coronel Carlos Augusto, para que exclua esse rapaz [Allisson Wattson] pois isso está só manchando a imagem uma instituição tão valiosa que é a Polícia Militar do Piauí. A família, os amigos e toda a sociedade espera que isso aconteça o mais breve possível. Uma pessoa que não passou no exame psicotécnico não pode estar representando a segurança do nosso Estado”, afirmou.

Por fim, o pai de Camilla faz um desabafo e se mostra ainda inconformado pela morte da filha. “O presente que ele me deu foi essa punhalada nas costas”, revelou.

Relembre o caso

A estudante de direito, Camilla Abreu foi morta a tiros pelo namorado e capitão da Polícia Militar, Allisson Wattson. A jovem foi vista pela última vez no dia 26 de outubro, em companhia do namorado. Após cinco dias depois do desaparecimento, a Polícia Civil confirmou a morte de Camilla e o capitão confessou o crime, indicando o local em que escondeu o corpo.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.