GP1

Teresina - Piauí

Cabo Agnaldo Oliveira é preso após se apresentar na Corregedoria

Segundo informações da tenente-coronel Elza Rodrigues, relações públicas da Polícia Militar, o cabo foi preso e já realizou o exame de corpo de delito.

O cabo Agnado José de Oliveira, presidente Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Piauí (ABECS), foi preso na tarde dessa segunda-feira (10), em cumprimento a mandado de prisão expedido pela juíza de direito Valdênia Moura Marques de Sá, da 9ª Vara Criminal de Teresina. Ele responde a processo acusado do crime de estelionato.

Segundo informações da tenente-coronel Elza Rodrigues, relações públicas da Polícia Militar, o cabo foi preso e já realizou o exame de corpo de delito. “Ele se apresentou às 15 horas na Corregedoria com o advogado e foi executado o mandado de prisão. Ele já foi conduzido para o presídio militar”, informou a policial.

  • Foto: Facebook/Aguinaldo Oliveira Aguinaldo Oliveira Aguinaldo Oliveira

O cabo chegou a pedir a revogação da prisão preventiva alegando que não foi devidamente citado, razão pela qual deveria ser revogada a ordem de prisão preventiva. Já o Ministério Público do Estado do Piauí se manifestou pelo indeferimento. Ainda não houve decisão da Justiça em relação ao pedido.

Denúncia

Segundo denúncia do MP, apresentada em 2014, nos meses de junho, julho e agosto de 2010, quando o denunciado era diretor financeiro da associação realizou procedimento para implantar descontos na folha de pagamento em desfavor de um policial militar, sem que ele tenha autorizado, induzindo em erro a administração que efetivamente realizou desconto. Os descontos totalizaram R$ 110,96.

Para o órgão ministerial, o cabo praticou o crime de estelionato ao obter vantagem ilícita consistente no recebimento do valor descontado sem autorização do policial.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MP aponta que cabo Agnaldo desviou mais de R$ 2 milhões da Abecs

Justiça manda prender cabo Agnaldo Oliveira por estelionato

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.