GP1

Colônia do Gurguéia - Piauí

Promotor ajuíza ação contra o fechamento de delegacia no Piauí

A ação foi ajuizada pelo promotor de Justiça José William Pereira Luz, titular da Promotira de Justiça de Manoel Emídio.

O Ministério Público do Estado do Piauí ingressou com ação civil pública para evitar o fechamento e a transferência da delegacia de polícia civil do município de Colônia do Gurguéia para Canto do Buriti.

Segundo o promotor de Justiça José William Pereira Luz, titular da Promotira de Justiça de Manoel Emídio, o delegado de Canto do Buriti informou que a delegacia conta com apenas seis policiais, sendo a responsável pelos trabalhos de polícia judiciária em oito municípios (Canto do Buriti, Brejo do Piauí, Tamboril do Piauí, Pajeú do Piauí, Ribeira do Piauí, Colônia do Gurguéia, Eliseu Martins e Manoel Emídio).

  • Foto: Lucas Dias/GP1Ministério Público do Estado do PiauíMinistério Público do Estado do Piauí

Para o membro do MP, a transferência vai prejudicar os cidadãos de Colônia do Gurgueia, Eliseu Martins e Manoel Emídio, que ficarão desassistidos dos serviços de segurança de pública. José William pontuou ainda que a população dessas cidades precisará se deslocar cerca de 120 quilômetros para ter acesso aos serviços da polícia.

"Não há logística mínima para o funcionamento de ambas as delegacias. Na prática, o delegado geral [Riedel Batista] fechou a Delegacia de Colônia do Gurguéia atentando contra o direito do cidadão dessa comarca em ter acesso aos serviços de segurança pública", criticou o promotor.

Na ação, o MP pede o deferimento de liminar determinando o retorno imediato dos policiais civis removidos para delegacia de Canto do Buriti, ou alternativamente seja nomeado um delegado, dois agentes e um escrivão para Colônia do Gurgueia. O Ministério Público solicitou ainda a fixação de multa diária no valor de R$ 5 mil reais, caso medida liminar seja julgada procedente e o Estado do Piauí não a cumpra.

Por fim, a instituição pede a condenação do Estado para que seja obrigado a designar e manter uma equipe mínima de policiais civis na Delegacia de Colônia do Gurgueia, sendo pelo menos um delegado, um escrivão policial e dois agentes.

Outro lado

Procurado pelo GP1 na tarde desta quarta-feira (28), o delegado geral Riedel Batista informou que ainda não foi notificado sobre a ação.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.