GP1

Teresina - Piauí

João Mádison diz que MDB já não contava com Luiz Júnior para 2020

"Foi muito bom porque ele agora tomou uma posição que ele já deveria ter tomado de sair do partido. Isso para nós é natural, já não contávamos com ele”, disse o deputado João Mádison.

O deputado estadual João Mádison comentou durante entrevista na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), nesta segunda-feira (5), as declarações do vice-prefeito Luiz Júnior, que admitiu que pode deixar o MDB para acompanhar o prefeito Firmino Filho (PSDB) nas eleições de 2020.

Mádison disse que a sigla já “não contava” com Luiz Júnior desde a eleição da Câmara Municipal de Teresina, quando o deputado Themístocles Filho rompeu com o tucano.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João MadisonJoão Madison

“[Recebo com] tranquilidade. Desde a época que houve aquele rompimento nosso do deputado Themístocles, deputado João Mádison e o MDB como um todo com a prefeitura, que nós já não contávamos mais com ele”, afirmou Mádison.

O deputado avaliou ainda que a decisão de Luiz Júnior já deveria ter sido tomada. “Nós do MDB estamos tranquilos em relação a isso e foi muito bom porque ele agora tomou uma posição que ele já deveria ter tomado de sair do partido. Isso para nós é natural, já não contávamos com ele”, finalizou.

NOTÍCIA RELACIONADA

Luiz Júnior admite deixar MDB para seguir com Firmino Filho em 2020

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.