GP1

Nazária - Piauí

Atletas lamentam morte do fisioterapeuta Diego Mota

A judoca piauiense e campeã olímpica em Londres, Sarah Menezes, que o fisioterapeuta atendia, foi uma das atletas que lamentou a perda nas redes sociais.

Atletas e amigos do fisioterapeuta da Confederação Brasileira de Badminton, Diego Mota, que morreu na manhã desta sexta-feira (11) vítima de um acidente na PI 130 em Nazária, lamentaram a morte precoce do ex-atleta de judô nas redes sociais.

A judoca piauiense e campeã olímpica em Londres 2012, Sarah Menezes, atleta na qual o fisioterapeuta atendia, lamentou a perda do amigo. “Hoje eu acordei com uma notícia muito triste, sem acreditar. Meu grande amigo fisioterapeuta virou uma estrelinha. Descanse em paz Diego... você fez parte de muitos ciclos olímpicos comigo. Inacreditável”, escreveu Sarah.

O atleta piauiense da Seleção Brasileira de Badminton, Francielton Farias, disse que esteve ontem com o fisioterapeuta e lamentou não ter aproveitado o bastante os últimos momentos na presença do amigo.

“Eu não consigo acreditar que eu te perdi, me dói tanto saber que ontem eu te vi por um instante e não pude te abraçar. Se eu soubesse que seria a última vez eu teria feito diferente. Você sempre foi e sempre será o melhor amigo e fisioterapeuta desse mundo. Prometo que nunca vou esquecer de você”, diz um trecho do texto publicado por ele em seu Stories.

  • Foto: Reprodução/FacebookDiego MotaDiego Mota, fisioterapeuta da Confederação Brasileira de Badminton

O jornalista esportivo piauiense, Fábio Lima, também lamentou a partida precoce de Diego Mota. “Perdemos Diego Mota, um dos melhores profissionais de fisioterapia do nosso Piauí, ex-atleta de judô, com trabalhos nas confederações de judô e badminton, no Comitê Paralímpico do Brasil, diversas competições internacionais, fisioterapeuta de vários atletas, da Sarah Menezes, e o meu também. Que sua esposa, seus três filhos e toda a família Mota e a família do esporte tenham forças, porque para superar tudo de 2020 e ainda mais esse baque, vai ser difícil”, escreveu o jornalista.

O acidente

O fisioterapeuta da Confederação Brasileira de Badminton, Diego Mota, morreu na manhã desta sexta-feira (11), aos 35 anos, em um acidente de carro na PI 130, no município de Nazária. As primeiras informações dão conta de que o fisioterapeuta estava vindo em um veículo Voyage preto quando colidiu lateralmente com um veículo da Prefeitura Municipal de Parnarama-MA.

NOTÍCIA RELACIONADA

Fisioterapeuta Diego Mota morre em acidente de carro em Nazária

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.