GP1

Bertolínia - Piauí

Homem é preso acusado de matar pai adotivo na cidade de Bertolínia

A Polícia Civil informou ao GP1 que o idoso de 70 anos foi morto com um tiro na cabeça. O crime ocorreu dentro de um sítio na zona rural de Bertolínia.

Um homem, de nome não revelado, foi preso na manhã desta sexta-feira (04) acusado de assassinar o idoso Geraldo de Sousa Brito, de 70 anos, que foi morto com um disparo de arma de fogo na cabeça, no último dia 12 de novembro deste ano dentro de um sítio, localizado na zona rural de Bertolínia. O suspeito trata-se de um filho adotivo da vítima.

Em entrevista ao GP1, o titular da Polícia Civil de Uruçuí, delegado Célio Campos, informou que inicialmente o filho adotivo não era apontado como o autor do crime, porém, durante as investigações, foi constatado que além de planejar o crime, ele contou com a ajuda de outras pessoas.

  • Foto: Reprodução/PM-PILocal em que a vítima foi encontrada mortaLocal em que a vítima foi encontrada morta

“Realizamos essa prisão hoje pela manhã, o encontramos próximo da residência dele na cidade. Ele não estava sendo considerado foragido, com o andamento da investigação colhemos elementos suficientes para que a gente pudesse pedir a prisão dele. Também com o levantamento, descobrimos a participação de outras pessoas e nosso objetivo é saber quem são essas pessoas. O suspeito é um filho adotivo”, disse.

Com a prisão, o acusado foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Uruçuí. Durante depoimento, ele permaneceu calado e acompanhado de seu advogado. Até o momento ainda não se sabe a motivação do crime.

Entenda o caso

Um homem de 70 anos, identificado como Geraldo de Sousa Brito, foi encontrado morto com marca de disparos de arma de fogo na cabeça, nas primeiras horas da manhã de quinta-feira, 12 de novembro, em sua propriedade, um sítio localizado na zona rural do município de Bertolínia.

A Polícia Militar foi acionada, incialmente, por conta de um veículo modelo Saveiro, de placa PIM-9238, que estava abandonado às margens da PI 218, cerca de 7km da entrada da cidade de Jerumenha. Ao chegar ao local, os policiais passaram a fazer um levantamento sobre a identificação do proprietário até chegar no nome de uma mulher.

Depois de localizá-la, a PM foi informada que o carro estava sob responsabilidade de Geraldo de Sousa Brito, o qual foi encontrado já sem vida, com marcas de tiro na cabeça, em sua propriedade, localizada na zona rural do município de Bertolínia.

A Polícia Civil de Uruçuí vai continuar com novas investigações para capturar outros suspeitos do crime.

NOTÍCIA RELACIONADA

Idoso de 70 anos é assassinado com tiros na cabeça em Bertolínia

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.