Fechar
GP1

União - Piauí

PM apreende R$ 379 mil com funcionário da Prefeitura de União

O delegado Tales Gomes descartou que o dinheiro encontrado com os ocupantes da Amarok tenha relação com o grupo que assaltou o Banco do Brasil de União.

Os policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) vão investigar a origem de R$ 379 mil em dinheiro em espécie que foi apreendido em uma Amarok, com um funcionário da Prefeitura do Município de União, na madrugada desta sexta-feira 1º de maio de 2020, na estrada que liga União a Lagoa Alegre.

De acordo com o coordenador do GRECO, delegado Tales Gomes, os policiais da 2ª Companhia do 16º Batalhão da PM estavam realizando barreiras em busca de um grupo suspeito de roubar o Banco do Brasil de União, em conjunto com a Polícia Civil, quando se depararam com a Amarok com duas pessoas. Ao fazerem buscas no interior do veículo, a guarnição encontrou um envelope lacrado com uma quantia em dinheiro.

O motorista e funcionário da prefeitura de União, de iniciais J.A.S e o passageiro de iniciais W.A.S, foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil, onde o pacote foi aberto e contabilizada a quantia de R$ 379 mil. Em razão disso, os dois homens foram levados para a Central de Flagrantes de Teresina e os procedimentos necessários ao caso foram adotados.

  • Foto: Divulgação/PC-PIDinheiro apreendidoDinheiro apreendido

O delegado descartou que o dinheiro encontrado com os ocupantes da Amarok tenha relação com o grupo que assaltou o Banco do Brasil, tendo em vista que os bandidos não conseguiram acessar o cofre. “Esse dinheiro que está em um envelope grande não é dinheiro do banco. Na ocorrência do banco eles não conseguiram ter acesso ao cofre. Esse dinheiro foi apreendido com os funcionários da Prefeitura de União e vai ser instaurado um inquérito para apurar a circunstância da posse, origem e destino desse dinheiro”, pontuou o delegado Tales Gomes.


O GP1 apurou que o dinheiro teve como origem a cidade de Fortaleza, no estado do Ceará, e tinha como destino o município de União. A Polícia Civil do Piauí vai apurar mais detalhes sobre a finalidade dos R$ 379 mil.

Logo após serem adotados os procedimentos necessários ao caso, os dois homens foram liberados.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.