GP1

Piracuruca - Piauí

Empresário não aceitava o término do namoro com advogada Marlúcia Escórcio

Advogada foi esfaqueada pelo ex-namorado na tarde dessa segunda-feira (11), em Piracuruca.

Em entrevista ao GP1 na manhã desta terça-feira (12), o gerente de Polícia do Interior, Marcelo Leal, informou que um dos motivos que levou Antônia Marlúcia Brito Escórcio a ser esfaqueada foi o fato de o acusado de cometer o crime, o empresário Maurício de Nassau Arcanjo, não aceitar o término do relacionamento entre os dois, que durou cerca de cinco anos.

Conforme o delegado, familiares relataram que o crime tem todo o enredo de um relacionamento abusivo, onde uma das partes não aceita o término da relação. “É o enredo do feminicídio. Aquele relacionamento amoroso, que tem o fim, o inconformismo de um lado, a cobrança e terminou com ela sendo esfaqueada”, informou.

Foto: Alef Leão/GP1Delegado Marcelo Leal
Delegado Marcelo Leal

Ainda conforme o delegado, embora a OAB Piauí esteja acompanhando o caso, o crime será investigado como tentativa de feminicídio, pois não há relação com a profissão da vítima. “Embora a OAB já tenha se manifestado, não há, como no caso da Izadora Mourão, a relação com a profissão dela. É uma questão familiar, amorosa e doméstica. Ela é uma pessoa madura, ele é um cara que tem um comércio na cidade, ambos já possuem filho de outros relacionamentos”, completou o delegado.

As investigações sobre o caso ficarão sob responsabilidade do Wilams Pinheiro, da Polícia Civil de Piracuruca.

Entenda o caso

A advogada Antônia Marlúcia Brito Escórcio foi esfaqueada na tarde desta segunda-feira (11), dentro de sua residência na cidade de Piracuruca. O principal acusado de cometer o crime é o ex-namorado da vítima, o empresário Maurício de Nassau Arcanjo.

Foto: Reprodução/FacebookAntônia Marlúcia Brito Escórcio
Antônia Marlúcia Brito Escórcio

Conforme a Polícia Civil, Marlúcia estava em sua residência, por volta de 13h, quando Maurício entrou na casa, pedindo para reatar o relacionamento que eles mantinham há cerca de cinco anos.

A advogada não aceitou reatar o namoro e acabou sendo esfaqueada no peito esquerdo. Já o acusado fugiu em sua motocicleta, levando consigo a arma de fogo. Ele foi localizado 24 horas depois.

A advogada foi levada para o Hospital de Piripiri e depois encaminhada em estado grave para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), de onde foi transferida para o Hospital São Marcos.

Prisão

O empresário foi preso em flagrante pela Polícia Civil no fim da manhã desta terça-feira (12), por volta de 11h30, em um matagal na cidade de Piracuruca. Após a prisão, ele foi encaminhado para a Delegacia de Piracuruca, onde ficará à disposição da Justiça.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.