GP1

Teresina - Piauí

Marcada audiência de acusado de matar esposa a facadas no Socopo

O réu está solto desde de 27 de janeiro de 2020, após decisão do Tribunal de Justiça do Piauí.

A 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, do Tribunal de Justiça, marcou para o dia 23 de novembro deste ano, a audiência de instrução e julgamento de Francisco das Chagas Pinheiro dos Santos, acusado do feminicídio contra sua esposa, Marlúcia da Conceição Jacob dos Santos, assassinada a facadas no bairro Socopo, no dia 4 de junho de 2019. A sessão vai ocorrer após mais de dois anos do dia do crime.

O réu está solto desde de 27 de janeiro de 2020, após decisão do juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto, que concedeu liberdade provisória ao acusado. Francisco das Chagas foi intimado a comparecer na audiência, de forma virtual, com a presença de advogado, às 8h30.

Foto: DivulgaçãoFrancisco das Chagas é acusado de matar Marlúcia Santos
Francisco das Chagas é acusado de matar Marlúcia Santos

Relembre o caso

Marlusia da Conceição Jacob dos Santos, 43 anos, foi assassinada com mais de 20 facadas, no início da tarde de 4 de junho de 2019, no bairro Socopo, zona leste de Teresina. Francisco das Chagas Pinheiro dos Santos, mais conhecido como Chico Tampinha, de 51 anos, marido da vítima, foi preso acusado de ser o autor. O casal tem três filhos.

Marlusia trabalhava como garçonete na pizzaria Ice Cream, localizada na Avenida Presidente Kennedy e Chico é vigia na Funaci (Fundação Padre Antônio Dante Civiero). Uma irmã da vítima relatou que Marlusia já havia conversado com o marido que queria a separação.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.