GP1

Simplício Mendes - Piauí

Laudo aponta que mulher morta em Simplício Mendes levou 11 facadas

Ao ser questionado, o acusado afirmou que a vítima tinha morrido após bater com cabeça na parede.

A Polícia Civil do Piauí segue nas investigações sobre o caso de Maria Isabel da Costa, de 30 anos, assassinada pelo ex-companheiro na última sexta-feira (08), dentro de uma residência em Simplício Mendes. Em entrevista ao GP1, a delegada titular Francineide Fontes afirmou que a vítima foi morta com 11 perfurações de arma branca.

Durante entrevista na manhã desta sexta-feira (15), a delegada Francineide contou que o laudo cadavérico da vítima foi concluído nesta quinta-feira (14), e apontou para uma morte com 11 perfurações de arma branca, que possivelmente seria uma faca. No dia do crime, no entanto, o acusado informou que a vítima teria morrido ao bater com a cabeça na parede.

Foto: Reprodução/WhatsAppMulher é assassinada por ex-companheiro no Piauí
Mulher é assassinada por ex-companheiro no Piauí

“Na verdade, foram 11 perfurações. Nós já estamos com o laudo da polícia e isso foi confirmado. Pode até ser que ela [vítima] possa realmente ter batido com a cabeça, mas causa da morte em si, o que levou à grande perda de sangue, foram as 11 perfurações”, garantiu a delegada.

Ainda segundo ela, o acusado escondeu a arma do crime e até o momento a polícia ainda não conseguiu localizar o objeto. Ele, por outro lado, foi preso no último sábado (09), e já no domingo teve a prisão preventiva decretada. O criminoso, ainda que tenha confessado o crime, nega ter esfaqueado Isabel.

“Ele nega ter usado a faca, apesar de ter confessado o crime e consequentemente ele escondeu. Ele permanece preso e teve a prisão preventiva decretada ainda no domingo. Ele foi encaminhado para a penitenciária de Oeiras”, explicou.

Durante as investigações do caso a Polícia Militar encontrou uma camisa ensanguentada dentro da casa do acusado, que confessou o crime após isso. A camisa foi encaminhada para Teresina com intuito de que a perícia coletasse o DNA presente. A Polícia Civil ainda aguarda o resultado.

Entenda o caso

Uma mulher de 30 anos, identificada como Isabel Francisca da Costa, foi agredida até a morte pelo ex-companheiro durante uma discussão na noite desta sexta-feira (08), dentro da própria residência na cidade de Simplício Mendes.

O acusado, ao ser questionado pela polícia, informou que a vítima morreu após bater com a cabeça na parede e perder muito sangue”.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.