GP1

Teresina - Piauí

Regina Sousa e Florentino Neto inauguram 20 leitos de UTI no HGV

O secretário estadual de Saúde do Piauí, Florentino Neto, também esteve presente no evento.

Lucas Dias/GP1 1 / 13 Descerramento da placa Descerramento da placa
Lucas Dias/GP1 2 / 13 Gestores passando pela nova rampa do HGV Gestores passando pela nova rampa do HGV
Lucas Dias/GP1 3 / 13 Nova rampa do HGV Nova rampa do HGV
Lucas Dias/GP1 4 / 13 Rampa foi inaugurada nesta quarta Rampa foi inaugurada nesta quarta
Lucas Dias/GP1 5 / 13 Florentino Neto Florentino Neto
Lucas Dias/GP1 6 / 13 Regina Sousa Regina Sousa
Lucas Dias/GP1 7 / 13 Dr. Pessoa Dr. Pessoa
Lucas Dias/GP1 8 / 13 Rafael Fonteles Rafael Fonteles
Lucas Dias/GP1 9 / 13 Dr. Pessoa discursando Dr. Pessoa discursando
Lucas Dias/GP1 10 / 13 Presentes no evento Presentes no evento
Lucas Dias/GP1 11 / 13 Regina Sousa discursando Regina Sousa discursando
Lucas Dias/GP1 12 / 13 Janainna Marques,s secretário de Infraestrutura Janainna Marques,s secretário de Infraestrutura
Lucas Dias/GP1 13 / 13 Solenidade de inauguração de UTIs do HGV Solenidade de inauguração de UTIs do HGV

A governadora em exercício, Regina Sousa, participou na manhã desta quarta-feira (17) da inauguração de 20 novos leitos de UTI no Hospital Getúlio Vargas (HGV). O secretário estadual de Saúde do Piauí, Florentino Neto, o secretário da Fazenda, Rafael Fonteles, e o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, também estiveram presentes no evento.

Regina Sousa destacou a importância dos novos leitos, principalmente, para acelerar a fila de esperas por cirurgias. “Leito de UTI era sempre o nosso gargalo. São UTIs modernas, agora temos 40 UTIs que certamente vão desafogar um pouco, porque muitas vezes a pessoa não faz cirurgia porque não tem leito de UTI, talvez ela nem precisa, mas precisa ter UTI, então isso vai fazer andar também a fila de cirurgias porque tem mais UTI”, ressaltou.

De acordo com o secretário Florentino Neto, os leitos de UTI estão equipados com equipamentos de última geração, além de cada um deles estarem em apartamentos individuais. “É muito importante nós termos a ampliação do número de leitos no HGV. Estamos inaugurando 20 leitos de UTI com leitos individualizados, cada leito é um apartamento, ao contrário da maioria das UTIs e os equipamentos são de última geração. É uma UTI nos moldes dos hospitais de excelência porque queremos que nossos hospitais sejam de excelência e o HGV é um hospital de referência para toda rede, por isso toda essa preocupação que nós estamos tendo com ele e os demais”, afirmou.

Recentemente, o HGV voltou com as cirurgias cardíacas, portanto, os novos leitos serão destinados aos pacientes da cardiologia. “Essa UTI vai estar dedicada mais aos pacientes da cardiologia, nós reimplantamos a cirurgia cardíaca no HGV numa preocupação que a gente possa ter o atendimento cardiológico como referência para toda a rede”, explicou.

“O HGV tem 80 anos, mas para ter acesso aos pacientes que estavam no 1º e 2º andar era necessário ir de escada ou elevador, não tínhamos uma rampa que permitisse, por exemplo, uma evacuação rápida desses andares e depois de 80 anos inauguramos hoje essa rampa, de todas as obras ela é a mais simples, mas imprescindível para o hospital. Além disso, nós inauguramos também o novo laboratório”, completou Florentino Neto.

A governadora também enfatizou a importância da rampa no HGV em caso de emergência, como uma rota de fuga. "A rampa é uma questão essencial, porque é uma rota de fuga, eu era impressionada porque não tinha uma rota de saída no HGV, era só escada e elevador", disse Regina Sousa.

Ainda segundo o secretário Florentino Neto, novas obras deverão ser inauguradas como determinado pelo governador Wellington Dias. “O governador determinou e estamos executando um plano, algumas obras já executamos como a reforma de todo o teto, o novo almoxarifado, nova farmácia, são 23 obras autorizadas pelo governador Wellington Dias e que hoje a governadora em exercício Regina Sousa, está inaugurando três dessas obras”, finalizou.

O secretário Rafael Fonteles falou dos investimentos que têm sido feitos no Hospital Getúlio Vargas que, segundo ele, é um dos maiores nos últimos anos. “O HGV como todos sabem é referência de alta complexidade do estado e nos últimos anos ele tem recebido a maior intervenção na melhoria de suas instalações de toda a sua história. Só essa obra que é inaugurada hoje, é um marco histórico você dobrar a quantidade de leitos de UTI e com a qualidade que estão apresentados, com leitos individualizados, equipamentos de última geração, é um ganho absurdo para a população de uma forma geral”, analisou.

“Os profissionais terão um lugar adequado para trabalhar e a população terá muito mais resolutividade na solução dos seus problemas de alta complexidade que é o que requer a UTI, mas também tem a parte da rampa, a parte dos exames laboratoriais, é um ganho enorme para a saúde pública do estado”, concluiu Rafael Fonteles.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.