GP1

Itaueira - Piauí

Trabalhadores são resgatados em situação análoga à escravidão no Piauí

As vítimas estavam atuando no corte de eucalipto há aproximadamente três meses em uma fazenda.

O Ministério Público do Trabalho do Piauí (MPT-PI), por meio do Grupo Móvel de Combate ao Trabalho Escravo, resgatou nesse fim de semana quatro trabalhadores que estavam em situação análoga à escravidão. As vítimas estavam atuando no corte de eucalipto há aproximadamente três meses em uma fazenda no município de Itaueira, região Sul do Piauí.

Conforme o MPT, durante as fiscalizações foram encontrados trabalhadores alojados em uma borracharia, sem equipamentos de proteção individual e sem registro na carteira de trabalho, caracterizando condições degradantes de trabalho.

Foto: Divulgação/MPTMPT resgata trabalhadores em situação análoga à escravidão no Piauí
MPT resgata trabalhadores em situação análoga à escravidão

Após o flagrante, o proprietário da fazenda e uma empresa terceirizada assinaram Termo de Ajuste de Conduta em que comprometem a regularizar a situação trabalhista e arcar com os pagamentos de verbas rescisórias e danos morais individuais. O fazendeiro também se comprometeu a pagar o salário dos trabalhadores mensalmente até o quinto dia último e o décimo terceiro salário. O descumprimento do acordo pode implicar pagamento de multa.

Foto: Divulgação/MPTAlojamento onde os trabalhadores ficavam
Alojamento onde os trabalhadores ficavam

Foram realizadas fiscalizações nos municípios de Floriano, Santa Cruz e Nazaré do Piauí. Também participaram da ação representantes da Defensoria Pública, Procuradoria da República, Polícia Ambiental e ainda auditores fiscais do Trabalho.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.