GP1

Teresina - Piauí

DHPP deflagra operação e prende acusados de feminicídio em Teresina

Operação tem como objetivo cumprir seis mandados de prisão e 10 mandados de busca e apreensão.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por meio da Delegacia Especializada em Feminicídio, deflagrou na manhã desta quarta-feira (24), a "Operação Dandara dos Palmares", com objetivo de cumprir seis mandados de prisão e 10 mandados de busca e apreensão contra acusados do crime de feminicídio. Foram presas cinco pessoas.

Conforme a delegada Nayana Paz, titular da Delegacia Especializada em Feminicídio, os seis mandados de prisão foram expedidos contra executores de crimes ocorridos em 2020 e 2021. "Essa operação foi deflagrada com o intuito de cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra executores de crimes de feminicídio, aborto e ocultação de cadáver ocorridos no ano de 2020 e 2021. Esses crimes que resultaram nessas prisões foram crimes que vitimaram Sara Caroliny, no rodoanel de Teresina; Cristiane Araújo Prado, no bairro São Joaquim; Leidiane de Paiva Brasil, no Parque São Jorge e Lídia da Silva, no bairro Aroeiras. Foram quatro feminicídios cujas investigações resultaram nesses seis mandados de prisão", informou a delegada.

Foto: Alef Leão/GP1Delegad Nayana Paz
Delegad Nayana Paz

Ainda conforme a delegada Nayana Paz, até o momento cinco pessoas foram presas, quatro por meio de mandado de prisão e uma em flagrante. "Conseguimos prender quatro alvos. Também foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão em várias residências para colher elementos para os inquéritos policiais e ainda estamos em busca de dois alvos que estão foragidos. Além dos quatro mandados de prisão que foram cumpridos, foi realizada uma prisão em flagrante após ter sido localizada uma motocicleta roubada e munições dentro de uma residência", completou.

Foto: Alef Leão/GP1DHPP
DHPP

Durante o cumprimento de um mandado de prisão, os policiais encontraram drogas na residência de um dos acusado e ele responderá, além do crime de feminicídio, por tráfico de drogas.

Os crimes

Sara Caroliny

Sara Caroliny, de 15 anos, que estava grávida de 7 meses foi encontrada morta no final da tarde do dia 13 de novembro de 2020, às margens da BR 343, próximo a Usina Santana, região rural sudeste de Teresina.

Foto: Reprodução/WhatsAppSara Caroliny
Sara Caroliny

Segundo a família, a garota estava desaparecida desde a quarta-feira (11). Ela foi vista pela última vez andando de moto com um homem.

Cristiane Araújo Prado

Cristiane Araújo Prado foi assassinada a tiros em um bar no início da tarde do dia 25 de novembro de 2021, no bairro São Joaquim, zona norte de Teresina. Imagens da vítima ainda viva dentro do bar passaram a ser compartilhadas nas redes sociais, dando conta de que os atiradores tiveram informação privilegiada de que Cristiane Araújo Prado estava no estabelecimento e viria a ser alvo fácil dos seus algozes.

Foto: Reprodução/WhatsAppCristiane Araújo Prado foi fotografada minutos antes de ser assassinada
Cristiane Araújo Prado foi fotografada minutos antes de ser assassinada

Por volta de 14h, os suspeitos chegaram ao estabelecimento, surpreenderam a vítima com quatro tiros nas costas, além de mais um disparo de arma de fogo na cabeça, executando Cristiane, que já caiu morta.

Leidiane de Paiva Brasil

Leidiane de Paiva Brasil foi assassinada com um tiro nas costas no dia 17 de setembro de 2021, no momento em que andava com o namorado no Parque São Jorge, região do bairro Promorar, zona sul de Teresina.

Foto: Reprodução/InstagramLeidiane de Paiva Brasil
Leidiane de Paiva Brasil

Na época, o delegado Barêtta afirmou que a jovem foi atingida com um disparo de arma de fogo fatal na parte inferior da coluna, mais precisamente na região lombar. Barêtta relatou que o projétil atingiu vários órgãos vitais da mulher, que ainda foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Promorar, mas não resistiu.

Lídia da Silva

Lídia da Silva foi morta com pedradas na cabeça no bairro Aroeiras, zona leste de Teresina. O corpo da mulher foi encontrado em uma estrada vicinal na manhã do dia 3 de outubro de 2021.

Foto: Lucas Dias/GP1Local do crime no bairro Aroeiras
Local do crime no bairro Aroeiras

Operação Dandara dos Palmares

A operação foi batizada de Dandara dos Palmares em homenagem a consciência negra e defesa da mulher.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.