GP1

Teresina - Piauí

IML vai sepultar corpos que não foram identificados em Teresina

Cinco corpos que não foram reconhecidos por familiares no IML vão ser sepultados em janeiro de 2022.

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Instituto de Medicina Legal (IML), emitiu comunicado nesta segunda-feira (29), informando que cinco corpos que não foram reconhecidos por familiares ou amigos serão sepultados sem identificação em Teresina, em janeiro de 2022.

O primeiro corpo é de um morador de rua, que supostamente se chama Genival Justiniano dos Santos. Ele foi encontrado morto em uma rua na zona sul de Teresina e deu entrada no IML no dia 10 de julho de 2021. A causa da morte é indeterminada.

Foto: Divulgação/Polícia Civil do PiauíLista de pessoas que serão sepultadas
Lista de pessoas que serão sepultadas

O segundo corpo é de uma pessoa que morreu por afogamento e foi encontrada nas margens do rio Parnaíba, em uma fazenda localizada na Santa Maria da Codipi, zona norte da capital. O corpo deu entrada no IML no dia 02 de agosto.

O terceiro corpo se trata supostamente de Ismar Clementino de Almeida, que morreu vítima de parada cardiorrespiratória, após infarto agudo no miocárdio. Ele foi encontrado morto próximo ao Terminal Rodoviário de Teresina, no dia 13 de agosto.

Ainda conforme a Polícia Civil, o quarto corpo foi encontrado no dia 17 de agosto no Encontro dos Rios, vítima de asfixia por afogamento. O quinto corpo que não foi identificado foi encontrado no dia 01 de outubro em uma quadra de esportes da Vila da Paz. A causa da morte foi registrada como natural.

A Polícia Civil do Piauí ressaltou que todos os corpos foram submetidos a exames de DNA, para identificação posterior, caso necessário.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.