GP1

Teresina - Piauí

Marcos Vitor completa 54 dias foragido e mãe de vítima faz desabafo

“Estamos tristes com a atividade da polícia e a morosidade", afirmou Priscila Karine ao GP1.

Passados 54 dias após ter prisão preventiva decretada, o estudante Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira, acusado de abusar sexualmente de duas irmãs e duas primas em Teresina, continua foragido. A mãe de uma das vítimas, Priscila Karine, conversou com o GP1 na noite desta terça-feira (30), lamentando o fato de Marcos Vitor ainda não ter sido preso.

Priscila Karine disse que segue apreensiva, em busca de solução para o caso, mas entende que nem sempre é fácil localizar uma pessoa foragida. “Estamos tristes com a atividade da polícia e morosidade, mas entendemos que não é assim tão simples para encontrar alguém”, colocou.

Foto: Reprodução/InstagramEstudante Marcos Vitor
Estudante Marcos Vitor

A mãe revelou que familiares de Marcos Vitor têm entrado em contato, afirmando que os relatos das crianças sobre os abusos sofridos não são verdadeiros. Priscila ressaltou que as meninas merecem respeito e enfatizou que todas elas estão sendo muito fortes, diante de tudo que aconteceu.

Foto: Alef Leão/GP1Priscila Karine
Priscila Karine

“A partir do momento que tentam virar nossas filhas como caluniadoras acho demais! Elas merecem respeito e credibilidade no que dizem, porque não é fácil para elas toda essa ação, mas elas estão sendo fortes e lutando bem com toda essa dificuldade. Elas sim merecem os parabéns, seguiram firmes e não titubearam. A elas sim tudo do bom e do melhor! Ele um dia será encontrado e pagará por todo o mal que fez”, declarou Priscila Karine.

Foragido

Diante da repercussão do caso, a Polícia Civil do Piauí pediu apoio da Polícia Federal, que emitiu comunicado a todas as fronteiras terrestres e aéreas sobre o mandado de prisão preventiva decretado em desfavor de Marcos Vitor.

Indiciamento

A delegada titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Camilla Miranda, concluiu o inquérito e indiciou Marcos Vitor pelo crime de estupro contra as irmãs de 3 e 9 anos e a prima de 12 anos de idade.

Entenda o caso

No dia 22 de setembro o GP1 publicou reportagem revelando o caso de Marcos Vitor, acusado de abusar sexualmente de crianças e adolescentes da própria família. A vítima mais nova é irmã do estudante e tem apenas 3 anos de idade. Quem tiver alguma informação sobre a localização de Marcos Vitor pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone fixo (86) 3216-5225 ou pelo e-mail através deste link.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.