GP1

Coronavírus no Piauí

Procurador do Estado do Maranhão morre vítima da covid-19 em Teresina

O irmão do advogado era funcionário da Secretaria de Educação do Piauí e também morreu de covid-19.

O advogado Samuel Mendes Santos, 29 anos, que trabalhava como procurador do Estado do Maranhão, faleceu na noite deste sábado (24) em Teresina, vítima da covid-19. Ele morreu dez dias depois de perder o irmão também para a doença, o funcionário da Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc), Manoel Modesto Santos.

Natural de Elesbão Veloso, Samuel Mendes recebeu a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no dia 30 de julho do ano passado, como recordou o presidente da OAB Piauí, Celso Barros Neto, em publicação nas redes sociais.

Foto: Reprodução/FacebookSamuel Mendes
Samuel Mendes

“Ele estaria indo morar em São Luís logo depois para assumir o cargo de Procurador do Estado do Maranhão, após aprovação em concurso público, e fez questão de se inscrever na OAB de seu Estado”, declarou Celso Barros.

A Prefeitura Municipal de Elesbão Veloso emitiu nota de pesar pela morte precoce e lamentou em nome do casal José Alberto Mendes Santos e Conceição Maria Soares, que perderam dois filhos para a covid-19 em um intervalo de 10 dias.

Foto: Reprodução/FacebookManoel Modesto e Samuel
Manoel Modesto e Samuel

Leia na íntegra a nota de pesar da prefeitura:

A Prefeitura de Elesbão Veloso lamenta profundamente a partida precoce de Samuel Mendes Santos, de 29 anos, segundo filho do casal José Alberto Mendes Santos e Conceição Maria Soares.

O casal perdeu os dois filhos neste mês para a covid-19. Rogamos a Deus para que ele acolha os jovens na nova morada e conceda a família toda o consolo necessário para seguir.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.