GP1

Piripiri - Piauí

Filho de juiz é preso acusado de tráfico de drogas em Piripiri

O suspeito possuía um laboratório de drogas sintéticas em sua residência e R$ 37 mil em espécie.

Reprodução/WhatsApp 1 / 6 Filho de juiz é preso com drogas em Piripiri Filho de juiz é preso com drogas em Piripiri
Reprodução/WhatsApp 2 / 6 Material aprendido pela DEPRE Material aprendido pela DEPRE
Reprodução/WhatsApp 3 / 6 Plantação de maconha Plantação de maconha
Reprodução/WhatsApp 4 / 6 Maconha encontrada pelos policiais Maconha encontrada pelos policiais
Reprodução/WhatsApp 5 / 6 Polícia Civil Polícia Civil
Reprodução/WhatsApp 6 / 6 Material encontrado na residência do acusado Material encontrado na residência do acusado

A Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE) prendeu nesta sexta-feira (09), por volta de 12h, um homem identificado como Ivan Freire, 24 anos, filho de um juiz, acusado de tráfico de drogas em Piripiri. O suspeito possuía um laboratório de drogas sintéticas em sua residência e R$ 37 mil em espécie.

Ao GP1, o delegado Eduardo Aquino informou que o acusado possui conhecimento para a produção do entorpecente em alto padrão, contando com todos os materiais necessários. A investigação apontou que apenas um grama da droga era vendido a R$ 150,00.

“No local, ele cultivava a super maconha, depois ele embalava e tinha uma estufa, tudo em alto padrão. A super maconha é uma droga de alto poder aquisitivo que chega a ser vendido por R$ 150 o grama e também apreendemos R$ 37 mil em dinheiro vivo. No laboratório detectamos ainda que era produzido haxixe”, informou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, além da produção, o acusado é apontado como integrante de uma quadrilha responsável pela importação e distribuição do entorpecente entre municípios do Norte do estado.

“Nós identificamos um grupo criminoso, responsável por importação, distribuição e até fabricação de drogas sintéticas. Nós tínhamos informações de que homem, que é o alvo, tinha conhecimento técnico para a produção de drogas sintéticas, que é a super maconha em estufa. Então nós entramos na residência com mandado de busca e por lá confirmamos a existência desse material”, ressaltou.

Além da prisão em Piripiri, outros suspeitos foram presos em outras cidades do Norte do Estado. Após ser capturado, o material foi encaminhado para sede da DEPRE, em Teresina e o suspeito se encontra preso, aguardando audiência de custódia.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.