GP1

Bertolínia - Piauí

Lei que reconhece atividade física como essencial é sancionada em Bertolínia

Essa foi a primeira cidade do Piauí a ter a lei sancionada, segundo o professor Demóstenes Ribeiro.

O prefeito de Bertolínia, Geraldo Fonseca (Republicanos), sancionou nesta terça-feira (11) a lei de autoria do vereador Antônio Filho (Republicanos), que reconhece, no âmbito do município, a atividade física como serviço essencial.

O projeto de lei foi apresentado à Câmara Municipal de Bertolínia há cerca de 20 dias, e foi aprovado por unanimidade na casa, de acordo com o vereador Antônio Filho, que conversou com o GP1 na noite desta quarta-feira (12). “Esse projeto foi apresentado no dia 06 de abril e colocado em pauta no dia 15, onde foi aprovado por unanimidade e automaticamente encaminhado ao poder executivo, que sancionou a lei”, explicou.

Foto: Reprodução/WhatsAppVereador Antônio Filho
Vereador Antônio Filho

O parlamentar ressaltou que teve a inciativa de elaborar o projeto de lei por entender a importância da atividade física, sobretudo em um contexto de pandemia. “Os próprios órgãos de saúde dizem que a atividade física faz bem para as pessoas, inclusive para aquelas que já tiveram covid-19, pois auxilia na recuperação”, frisou.

Articulação nos municípios

A lei que reconhece atividade física como essencial faz parte de um esforço liderado pelo professor Demóstenes Ribeiro, que tem viajado pelos municípios do Piauí para dialogar com os vereadores. Bertolínia foi a primeira cidade do Piauí a ter a lei sancionada, porém, segundo Demóstenes, projetos de lei semelhantes já foram aprovados pelo poder legislativo de seis cidades piauienses, incluindo Teresina.

Foto: Lucas Dias/GP1Demóstenes Ribeiro
Demóstenes Ribeiro

“Já foi aprovado em Teresina, Picos, Piripiri, Floriano, Pedro II e Esperantina, aguardando só o prefeito sancionar, e em vários outros municípios o projeto está muito bem encaminhado”, explicou o educador físico.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.