GP1

Política

Prefeito de Castelo do Piauí vai gastar R$ 1,7 milhão com combustíveis

O contrato foi assinado pelo prefeito no dia 05 de abril com vigência até o dia 31 de dezembro.

O prefeito de Castelo do Piauí, Magno Soares (PT), é mais um gestor que resolveu entrar na chamada “farra dos combustíveis”. Ele vai pagar R$ 1,7 milhão a um posto de combustíveis do município.

A empresa R Bezerra Melo, de nome fantasia Posto Castelo, foi contratada por meio do pregão eletrônico SRP Nº 014/2021 por R$ 1.718.000,00 (um milhão e setecentos e dezoito mil reais) para fornecimento de gasolina e óleo diesel S10.

Foto: Lucas Dias/GP1Prefeito de Castelo do Piauí, Magno Soares
Prefeito de Castelo do Piauí, Magno Soares

Como fonte de recursos, a Prefeitura de Castelo do Piauí utilizou o FPM, ICMS, FMS, FME, ISS e outras receitas tributárias.

O contrato foi assinado pelo prefeito Magno Soares no dia 05 de abril de 2021 com vigência até o dia 31 de dezembro deste ano. O extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial dos Municípios do dia 8 de abril.

Confira o extrato do contrato

Foto: Reprodução/DOMPrefeito de Castelo do Piauí vai gastar R$ 1,7 milhão com combustíveis
Prefeito de Castelo do Piauí vai gastar R$ 1,7 milhão com combustíveis

Outro lado

O prefeito não foi localizado pelo GP1.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.