GP1

Teresina - PI

Homem mata ex-mulher e depois tira a própria vida em Teresina

O fato aconteceu na Avenida Homero Castelo Branco, na caçada da loja Tudo é Festa, no bairro Jóquei.

Reprodução/Facebook 1 / 16 Ana Valeska Araújo Ana Valeska Araújo
Marcelo Cardoso/GP1 2 / 16 Pessoas no local Pessoas no local
Marcelo Cardoso/GP1 3 / 16 Óculos da vítima e a arma do crime Óculos da vítima e a arma do crime
Marcelo Cardoso/GP1 4 / 16 Pertences da vítima Pertences da vítima
Marcelo Cardoso/GP1 5 / 16 Delegado Ademar Canabrava Delegado Ademar Canabrava
Marcelo Cardoso/GP1 6 / 16 DHPP vai investigar o caso DHPP vai investigar o caso
Marcelo Cardoso/GP1 7 / 16 Perícia no local Perícia no local
Marcelo Cardoso/GP1 8 / 16 Perícia em ação Perícia em ação
Marcelo Cardoso/GP1 9 / 16 Perito recolhendo a arma do crime Perito recolhendo a arma do crime
Marcelo Cardoso/GP1 10 / 16 Carro tumba do IML Carro tumba do IML
Marcelo Cardoso/GP1 11 / 16 Delegada Luana Alves Delegada Luana Alves
Marcelo Cardoso/GP1 12 / 16 Local onde o fato aconteceu Local onde o fato aconteceu
Marcelo Cardoso/GP1 13 / 16 Guarda Civil Municipal atendeu a ocorrência Guarda Civil Municipal atendeu a ocorrência
Marcelo Cardoso/GP1 14 / 16 Arma de fogo utilizada no crime Arma de fogo utilizada no crime
Marcelo Cardoso/GP1 15 / 16 Polícia Militar isolou a área Polícia Militar isolou a área
Reprodução/Facebook 16 / 16 Wagner Dias e Ana Valeska Wagner Dias e Ana Valeska

Um homem identificado como Wagner Dias de Freitas matou a ex-mulher, Ana Valeska Araújo, e em seguida tirou a própria vida na tarde deste sábado (12), na zona leste de Teresina. O fato aconteceu na Avenida Homero Castelo Branco, na calçada da loja Tudo é Festa, no bairro Jóquei.

A ocorrência foi atendida inicialmente por uma equipe da Guarda Civil Municipal de Teresina. De acordo com o guarda civil Aquino, o homem atirou na cabeça da ex-companheira. “Ele disparou na cabeça da vítima e logo em seguida cometeu suicídio, até o momento as informações são escassas”, adiantou ao GP1.

O delegado Ademar Canabrava, titular do 12º Distrito Policial, também esteve no local, e levantou a informação de que o homem não aceitava o fim do relacionamento, e já vinha importunando a ex-mulher há algum tempo.

“Os levantamentos preliminares é que ele vinha seguindo ela, parece que não aceitava o fim do relacionamento e sempre fazia esse acompanhamento dela, e chegou o momento agora em que ele matou ela e logo em seguida cometeu suicídio. Os peritos já estão no local e a Delegacia de Homicídios vai concluir o inquérito para saber qual a motivação do crime”, explicou.

Uma ambulância do SAMU chegou a comparecer ao local e a equipe de socorristas constatou os óbitos. A Polícia Militar isolou a cena do crime até a chegada da perícia e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.