GP1

Barras - Piauí

Prefeito Edilson Capote declara calamidade pública em Barras

O decreto foi assinado no dia 27 de julho e publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM).

O prefeito de Barras, Edilson Capote, declarou situação de calamidade pública em Barras devido a grave crise de saúde pública ocasionada pela pandemia de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. O decreto foi assinado no dia 27 de julho e publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM) no dia 28 de julho.

Confira aqui o decreto

Segundo o prefeito, a crise impõe o aumento de gastos públicos e o estabelecimento das medidas de enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus.

Foto: Reprodução/FacebookEdilson Capote
Edilson Capote

Desta forma, o prefeito Edilson Capote declarou situação de calamidade pública em toda a extensão territorial do município de Barras e autorizou a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob coordenação da Secretaria Municipal de Saúde nas ações de combate ao coronavírus.

O prefeito convocou ainda voluntários para reforçar as ações de resposta ao desastre e realização de campanhas de arrecadação de recursos, com objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada. O decreto já está em vigor e vale por 90 dias.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.