GP1

Teresina - Piauí

Setut diz que nenhuma das empresas de ônibus aceitou proposta da PMT

Dr. Pessoa havia dito que somente dois consórcios tinham aceitado a proposta da prefeitura.

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut) emitiu nota de esclarecimento na noite desta terça-feira (14), desmentindo a afirmação do prefeito Dr. Pessoa (MDB), de que dois consórcios de empresas de ônibus aceitaram as propostas da prefeitura. Segundo a entidade, nenhuma das empresas concordou com as propostas apresentadas.

De acordo com o Setut, todas as respostas à proposta apresentada pela Prefeitura de Teresina foram enviadas em comum acordo entre todas as empresas. Para o sindicato, pode ter havido uma falha de interpretação por parte da Strans, representante do município na negociação.

Foto: Lucas Dias/GP1Dr. Pessoa
Dr. Pessoa afirmou que apenas dois consórcios aceitaram proposta

“Todas as respostas enviadas pela entidade seguem em unidade de posicionamentos das empresas e, provavelmente, está havendo uma falha de interpretação por parte da Strans”, consta na nota do Setut.

O sindicato patronal também negou que tenha abdicado dos pagamentos que ainda devem ser feitos pela prefeitura, referentes a dívidas da administração municipal com o setor empresarial.

“O Sindicato não reconhece a informação de que empresas estariam com decisões divergentes quanto à contraproposta da Prefeitura de Teresina. Assim como sobre a renúncia de pagamentos devidos pela gestão municipal, quanto aos repasses atrasados da administração pública com o setor. O Setut reafirma que não abre mão dos pagamentos a serem realizados pelo município”, finaliza a nota.

Leia na íntegra a nota do Setut:

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT), representante do SITT, órgão responsável pela representação dos 04 consórcios, esclarece que todas as respostas enviadas pela entidade seguem em unidade de posicionamentos das empresas e que, provavelmente, está havendo uma falha de interpretação por parte da Strans.

O Sindicato não reconhece a informação de que empresas estariam com decisões divergentes quanto à contraproposta da Prefeitura de Teresina. Assim como sobre a renúncia de pagamentos devidos pela gestão municipal, quanto aos repasses atrasados da administração pública com o setor. O Setut reafirma que não abre mão dos pagamentos a serem realizados pelo município.

Hoje os 04 consórcios + o SITT estiveram com o superintendente da Strans major Cláudio Pessoa para discutir novas negociações.

Declaração do prefeito

Hoje mais cedo, Dr. Pessoa afirmou à imprensa que somente dois dos quatro consórcios que operam no transporte público municipal aceitaram a proposta apresentada pela Prefeitura de Teresina. “Dois consórcios dos quatro já aceitaram as tratativas do prefeito, os outros dois quem sabe não vão aceitar nesse caminho de ajuste da implantação do Plano B?”, colocou o prefeito, durante visita a estações de ônibus nesta terça (14).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.