GP1

Teresina - Piauí

Acusado de balear segurança de Wellington Dias é preso em Teresina

O cabo da PM foi baleado e teve a arma roubada durante assalto no dia 5 de novembro no bairro Gurupi.

Policiais da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) prenderam, na manhã desta terça-feira (18), o acusado de participar do assalto contra um cabo da Polícia Militar do Piauí, lotado no Batalhão de Guardas, responsável pela segurança do governador Wellington Dias, no dia 5 de novembro de 2021, que terminou com o policial baleado no bairro Gurupi, zona sudeste.

De acordo com a Força Tarefa, o indivíduo tinha um mandado de prisão em aberto e foi localizado nesta manhã no Residencial Pedro Balzi, também na zona sudeste. Ele tem 29 anos e é considerado pela polícia um indivíduo de alta periculosidade. Após a prisão, o criminoso foi conduzido até a Central de Flagrantes de Teresina para os procedimentos cabíveis e cumprimento do mandado de prisão.

Em novembro, ele participou do assalto que terminou com o cabo da PM, responsável pela segurança do governador Wellington Dias, baleado. Uma câmera de segurança registrou toda a ação.

Um cabo da Polícia Militar do Piauí PMPI, lotado no gabinete militar, responsável pela segurança do Palácio de Karnak, foi baleado e teve a arma roubada durante uma ação criminosa na manhã desta sexta-feira (05), no bairro Gurupi, zona sudeste de Teresina.

Posted by GP1 - O 1º Grande Portal de Notícias do Piauí on Friday, November 5, 2021

Relembre o caso do PM

Um cabo da Polícia Militar do Piauí, lotado no Batalhão de Guarda, responsável pela segurança do Palácio de Karnak e do governador Wellington Dias, foi baleado e teve a arma roubada durante uma ação criminosa, por volta de 7h15 na manhã desta sexta-feira (05), no bairro Gurupi, na zona sudeste de Teresina. Uma câmera de segurança registrou toda a ação dos bandidos.

A informação foi confirmada ao GP1 pelo comandante da PM no Piauí, coronel Lindomar Castilho. “Sabemos que ele sofreu essa tentativa de roubo, reagiu e sofreu um tiro de raspão. A PM está em diligências tentando localizar os indivíduos. Ele é lotado no Batalhão de Guarda, servindo no Palácio de Karnak”, disse o coronel.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.