GP1

Teresina - Piauí

PM suspeito de tentar matar ex-esposa é preso em Teresina

A prisão aconteceu horas depois do crime. Ele baleou a ex-esposa com três tiros no rosto.

O policial militar aposentado Pedro José de Oliveira, principal suspeito de balear a ex-esposa na manhã desta quarta-feira (26), com três tiros no rosto no bairro Mocambinho, foi preso horas depois do crime.

A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da Polícia Militar do Piauí. Pedro José de Oliveira foi preso horas depois do crime, na própria residência. O suspeito foi conduzido à Central de Flagrantes de Teresina, onde serão realizados os procedimentos necessários.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Central de Flagrantes de Teresina
Central de Flagrantes de Teresina

Por meio de nota, a Polícia Militar do Piauí informou que após a prisão, o policial militar será conduzido para o presídio militar, onde permanecerá à disposição da justiça.

Entenda o caso

Uma mulher de 43 anos, identificada como Marilene Pereira da Rocha foi baleada com três tiros no bairro Mocambinho. A vítima estava em uma bicicleta quando foi alvejada pelos disparos. Pelos menos dois tiros atingiram a região da boca de Marilene.

O principal suspeito de cometer o crime é o ex-marido da vítima, um policial militar aposentado. Eles estão separados há 11 anos, e desde 2017 Marilene possui medida protetiva contra ele.

Confira a nota da Polícia Militar na íntegra:

Nota à imprensa


A Polícia Militar do Piauí informa que sobre o ocorrido nessa manhã do dia 26 de janeiro, em frente a Lagoa do Mocambinho, onde foi verificado tentativa de feminicídio, em cuja ocorrência figura o envolvimento de um policial militar da reserva remunerada do Piauí, como acusado, que foi preso por uma guarnição da PMPI; que a vítima foi socorrida e se encontra recebendo tratamento médico no HUT; que se trata de crime comum, e o acusado foi conduzido à Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis junto a Polícia Judiciária, e logo em seguida será conduzido para o presídio militar, onde permanecerá à disposição da justiça.


Teresina, 26 de janeiro de 2022.


ELZA Rodrigues Ferreira - Cel PM - Diretora de Comunicação Social da PMPI

Esta reportagem está sendo atualizada...

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.