GP1

Teresina - Piauí

Cruzamento da Frei Serafim com Miguel Rosa será interditado neste sábado

A interdição é para a realização da complementação do projeto de rebaixamento da Avenida Miguel Rosa.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Teresina (Strans), divulgou nessa sexta-feira (05), que o trecho da Avenida Miguel Rosa com Frei Serafim será interditado por conta da execução de serviço de sondagem. A interdição será entre às 14h e 19h.

Segundo a Prefeitura de Teresina, a interdição é para a realização de trabalho de campo para complementação do projeto de rebaixamento da Avenida Miguel Rosa, no cruzamento com a Avenida Frei Serafim. A obra será executada pela Superintendência Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, comandada pelo superintendente Roncalli Filho.

Foto: Reprodução/AscomÁrea interdita em Teresina
Área interdita em Teresina

Em quatro pontos, as equipes farão a sondagem do solo e continuarão os trabalhos de topografia, além do levantamento topográfico realizado com drones, que possibilita o mapeamento de grandes áreas em curto espaço de tempo.

A gerente de Operações e Fiscalização de Trânsito da Strans, Carla Sales, orienta que os motoristas que necessitam trafegar neste trecho que será interditado somente neste sábado das 14h às 19h, que evitem esta rota. A avenida Frei Serafim, no cruzamento com a avenida Miguel Rosa, estará liberada parcialmente ao fluxo de veículos, sendo apenas uma das faixas interditada neste trecho.

“Orientamos aos motoristas que busquem rotas alternativas durante à tarde deste sábado, sugerimos no sentido Oeste/Leste a rua São Pedro e a avenida Marechal Castelo Branco, já para os condutores que precisam seguir na avenida Miguel Rosa, no sentido Norte/Sul, sugerimos que entre a direita na rua da Capela do Exército e em seguida acesse a rua Dezenove de Novembro”, orientou o gerente.

O projeto de rebaixamento da avenida Miguel Rosa é uma obra necessária para desafogar o trânsito da região e melhorar as questões de mobilidade. Entre outros benefícios, o projeto contará com uma integração com o patrimônio histórico, otimização da segurança no trânsito, atratividade para pedestres e ciclistas, bem como melhorias de acessibilidade na área.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.