Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Dudu diz que impasse só será resolvido se Teresa declarar apoio a Fábio Novo

“A Teresa terá que declarar apoio ao Fábio Novo, simples assim. Aí sim, pacífica", alfinetou o vereador.

O vereador de Teresina, Dudu Borges, afirmou ao GP1 que os impasses só serão efetivamente resolvidos dentro da federação, composta pelo PT, PV e PCdoB, caso a presidente do Diretório Regional do Partido Verde, a ex-deputada Teresa Britto, manifeste formalmente seu apoio ao pré-candidato a prefeito, o deputado Fábio Novo, caso ele seja escolhido pela federação nacional para representar o grupo na disputa pelo Palácio da Cidade. Isso se torna ainda mais crucial, considerando que Britto também está lançada como pré-candidata ao Executivo Teresinense.

As declarações de Dudu contradizem o que foi dito por Fábio durante uma conversa com a imprensa na quinta-feira (11). Na ocasião, Novo afirmou que dentro do PT e do PCdoB, os atritos já estavam resolvidos em relação ao PV, com base no entendimento de que é legítimo que os "verdes" defendam suas estratégias proporcionais e majoritárias.

Foto: Lucas Dias/GP1Vereador Dudu
Vereador Dudu

"A Teresa terá que declarar apoio ao Fábio Novo, simples assim. Aí sim, pacífico. Caso contrário, podem surgir chapas, tanto para majoritária quanto proporcional, dos dois lados, PV e PT/PCdoB", declarou o vereador.


Entenda o impasse

A Federação PV, PT e PCdoB conta com dois pré-candidatos a prefeito de Teresina; no entanto, o grupo só pode ter uma opção para o Palácio da Cidade. Devido à falta de consenso, a definição ficou a cargo da federação nacional, que deve se manifestar ainda em abril.

No plano proporcional, houve outro descompasso, visto que PCdoB e PT ficaram descontentes com o fato de o PV ter filiado o vereador Neto do Angelim e o ex-vereador Caio Bucar. Ambos possuem potencial de voto e irão competir com chances de vitória por uma vaga na Câmara Municipal de Teresina. E é justamente esta viabilidade que desagradou os petistas, que almejam reeleger os sete vereadores que lá estão e ainda brigar pela oitava vaga.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.