GP1

Piauí

Picoenses lotam cartório eleitoral no último dia do recadastramento biométrico

Desde as primeiras horas da manhã que longas filas se formaram em frente ao Fórum Eleitoral de Picos

Como já é de costume, dezenas de picoenses deixaram para fazer o recadastramento biométrico na última hora. Com isso, longas filas se formaram em frente ao Cartório Eleitoral desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 15 de fevereiro, prazo final estipulado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).

Imagem: José Maria Barros/GP1Eleitores à espera do atendimento(Imagem:José Maria Barros/GP1)Eleitores à espera do atendimento


O recadastramento biométrico em Picos teve início no dia 15 de dezembro de 2011 e será encerrado nesta quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012. Quem não se recadastrar terá o título cancelado e, caso queira fazer a regularização junto à justiça eleitoral, terá que pagar multa e passar por todo um processo igual ao de um novo alistamento.

O processo de recadastramento biométrico compreende na coleta das impressões digitais, da assinatura e da foto do eleitor. Segundo o chefe do Cartório da 10ª Zona Eleitoral Luis Borges de Sousa Neto, apesar da grande movimentação verificada neste último dia, os servidores ficarão a postos até que o último eleitor seja atendido.

Imagem: José Maria Barros/GP1Recadatramento biométrico em Picos termina hoje(Imagem:José Maria Barros/GP1)Recadatramento biométrico em Picos termina hoje


Sobre a procura dos eleitores picoenses, Luís Borges disse que as expectativas foram até superadas. “O povo de Picos atendeu ao chamamento da justiça e compareceu. Era esperado em torno de 80% e a estimativa é de que vamos chegar aos 85%, o que é muito bom. Significa que as pessoas estão cumprindo com mais esse dever cívico de fazer a revisão, se habilitando para as próximas eleições, mantendo a segurança e a transparência do pleito”, enfatizou.

Antes da revisão Picos contava com pouco mais de 46 mil eleitores e, de acordo com Luís Borges, 85% desse percentual deverá fazer o recadastramento biométrico, o que em números significa em torno de 41 mil eleitores. Os que não compareceram, acredita, são em sua maioria pessoas que não moram mais em Picos e não têm mais nenhum vínculo com a cidade.

No tocante ao adiamento do serviço, Luís Borges acredita que não haverá, até porque a meta estipulada pelo Tribunal Regional Eleitoral, que era de 80% do eleitorado, foi superada. Portanto, o trabalho se encerra nesta quarta-feira, 15, e quem não fizer o recadastramento biométrico terá que procurar o cartório eleitoral após alguns dias para regularizar sua situação, já que o título será cancelado.

O recadastramento biométrico permitirá a identificação do eleitor por meio de suas impressões digitais no dia da eleição, reduzindo consideravelmente o tempo da votação. Esse sistema de identificação confere mais segurança aos pleitos, impedindo que uma pessoa tente se passar por outra no momento de votar.

Imagem: José Maria Barros/GP1Eleitores formaram longas filas(Imagem:José Maria Barros/GP1)Eleitores formaram longas filas
Imagem: José Maria Barros/GP1Longas filas se formaram desde cedo(Imagem:José Maria Barros/GP1)Longas filas se formaram desde cedo
Imagem: José Maria Barros/GP1Sala de atendimento especial.(Imagem:José Maria Barros/GP1)Sala de atendimento especial.
Imagem: José Maria Barros/GP1Eleitores entregam documentação(Imagem:José Maria Barros/GP1)Eleitores entregam documentação
Imagem: José Maria Barros/GP1Eleitor faz assinatura digital(Imagem:José Maria Barros/GP1)Eleitor faz assinatura digital




Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.