GP1

Piauí

TJ nega retirar ex-prefeito 'Carne Assada' de lista de inelegíveis

A decisão foi dada as 09h10min da última sexta-feira, 22 de julho de 2016.

O desembargador Raimundo Eufrásio, do Tribunal de Justiça do Piauí, negou pedido de tutela antecipada ao ex-prefeito de São João da Fronteira, Antônio Ximenes Jorge, o conhecido “Carne Assada”, em Mandado de Segurança que pedia a exclusão do seu nome da relação de gestores que tiveram contas julgadas irregulares divulgada pelo Tribunal de Contas do Estado. A decisão foi dada as 09h10min da última sexta-feira, 22 de julho de 2016. 

“Carne Assada”, que é pré-candidato a prefeito, alega no Mandado que a Câmara Municipal de São João da Fronteira rejeitou o parecer prévio emitido pelo TCE desaprovando as suas contas referentes ao exercício de 2005.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Desembargador Raimundo EufrásioDesembargador Raimundo Eufrásio

O desembargador determinou a notificação do Presidente do Tribunal de Contas para no prazo de 10 dias prestar as informações necessárias para o julgamento da ação. O Mandado de Segurança será julgado pelo pleno do Tribunal de Justiça. 

Outro lado 

Procurado, o ex-prefeito "Carne Assada" preferiu não se pronunciar sobre a decisão. 

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.