GP1

Piauí

Teto da empresa Vikstar desaba durante chuva em Teresina

É a segunda vez que ocorre problemas com a estrutura do local em menos de 10 dias.

Parte do teto da empresa de Call Center Vikstar, localizada no Distrito Industrial, na zona sul de Teresina desabou na madrugada desta terça-feira (17) durante forte chuva que caiu na Capital. Essa é a segunda vez que o telhado desaba em menos de 10 dias. O primeiro episódio ocorreu no último dia 09.

Atualmente cerca de 5 mil funcionários trabalham no local. No último dia 09, parte do teto da empresa de Call Center veio ao chão. Os trabalhadores tiveram que evacuar do prédio e as atividades foram paralisadas. A empresa informou na época, que o problema ocorreu em função de uma sobrecarga no sistema de águas pluviais da unidade, mas que os trabalhadores não ficaram expostos a nenhum risco.

  • Foto: DivulgaçãoParte do teto da Vikstar desaba durante chuvaParte do teto da Vikstar desaba durante chuva

 O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Piauí (SINTTEL-PI), João Mouta Neto, disse em nota que está decepcionado com o descaso da empresa com a segurança e integridade física dos trabalhadores e exige providências imediatas para que o problema seja solucionado.

  • Foto: DivulgaçãoParte do teto da VikstarParte do teto da Vikstar

Confira na íntegra a nota do SINTTEL-PI

 O sindicato dos trabalhadores em telecomunicações do Piauí (sinttel-pi), decepcionado com o descaso da empresa vikstar com a segurança e integridade física dos seus empregados, manifesta publicamente a sua indignação diante do descaso da empresa em permitir que aconteça pela segunda vez, em menos 10 dias, o desabamento da sua estrutura de foro colocando em risco a vida de muitos trabalhadores. Exige providências imediatas por parte da empresa e a interdição da estrutura física da empresa até que hajam garantias que não haverá mais nenhum risco a suas vidas e integridade física dos trabalhadores.

Atenciosamente,

João de Moura Neto

Presidente do Sinttel-pi

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.