GP1

Piauí

Acadepen conclui primeiro curso de escolta de alto risco no Piauí

Ao todo, 35 profissionais de segurança pública e prisional foram contemplados.

A Academia de Formação Penitenciária (Acadepen) do Piauí, órgão integrante da Secretaria de Justiça, concluiu na última sexta-feira (05), o primeiro curso de escolta de alto risco no Estado, destinado especialmente a agentes penitenciários. Ao todo, 35 profissionais de segurança pública e prisional foram contemplados.

De acordo com Jacinto Teles, diretor da Acadepen, as inscrições para novas turmas serão anunciadas em breve. “O curso foi concluído com pleno êxito, hoje indiscutivelmente o sistema prisional Piauí tem profissionais capacitados e também capacitamos alguns da Polícia Militar e da Polícia Civil, dentro dos padrões internacionais para a escolta de alto risco. A procura está sendo muito grande aqui a nível nacional, então nós já iremos anunciar a nova turma em breve. Este é o único curso especificamente de escolta de alto risco, é o primeiro no Piauí”, destacou Jacinto.

  • Foto: Divulgação/AcadepenAgentes concluem primeiro curso de de escolta de alto risco no PiauíAgentes concluem primeiro curso de de escolta de alto risco no Piauí

Um dos ministrantes do curso foi o delegado Júlio Castro, que chefiou diversas escoltas de alto risco no sistema penitenciário federal. Segundo ele, os profissionais foram treinados para realizar escoltas, respeitando os direitos humanos dos presos e garantindo a segurança durante as operações.

  • Foto: Divulgação/AcadepenAgentes ptenciários concluem primeiro curso de de escolta de alto riscoAgentes ptenciários concluem primeiro curso de de escolta de alto risco

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.