GP1

Piauí

Operação Satélites: PF apreende documentos na sede da Seinfra

O GP1 apurou que entre os alvos estão os contratos envolvendo a LC Veículos, do empresário Luís Carlos Magno Silva, que também foi preso na Operação Topique.

Lucas Dias/GP1 Cumprimento de mandados de busca e apreensão na Seinfra Cumprimento de mandados de busca e apreensão na Seinfra
Lucas Dias/GP1 Documentos apreendidos na Seinfra Documentos apreendidos na Seinfra
Lucas Dias/GP1 Policial federal na Seinfra Policial federal na Seinfra
Lucas Dias/GP1 Policial Federal verifica documentos da Seinfra Policial Federal verifica documentos da Seinfra
Lucas Dias/GP1 Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão na Seinfra Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão na Seinfra
Lucas Dias/GP1 Policial federal no Centro Administrativo Policial federal no Centro Administrativo
Lucas Dias/GP1 Policiais fazem buscas em gabinetes da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) Policiais fazem buscas em gabinetes da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra)
Lucas Dias/GP1 Policial federal faz buscas na Secretaria da Infraestrutura Policial federal faz buscas na Secretaria da Infraestrutura
Brunno Suênio/GP1 Viatura da AGU no Palácio de Karnak Viatura da AGU no Palácio de Karnak
Brunno Suênio/GP1 Viatura da AGU e da Polícia Federal no Palácio de Karnak Viatura da AGU e da Polícia Federal no Palácio de Karnak
Brunno Suênio/GP1 Viatura da Polícia Federal saindo do Palácio de Karnak Viatura da Polícia Federal saindo do Palácio de Karnak
Brunno Suênio/GP1 Viatura da Polícia Federal no Palácio de Karnak Viatura da Polícia Federal no Palácio de Karnak
Lucas Dias/GP1 Polícia Federal faz buscas na Secretaria da Infraestrutura Polícia Federal faz buscas na Secretaria da Infraestrutura
Lucas Dias/GP1 Policial federal conversa com servidora da Seinfra Policial federal conversa com servidora da Seinfra
Lucas Dias/GP1 PF realiza buscas na Seinfra PF realiza buscas na Seinfra
Lucas Dias/GP1 Secretaria da Infraestrutura Secretaria da Infraestrutura
Cumprimento de mandados de busca e apreensão na Seinfra
Documentos apreendidos na Seinfra
Policial federal na Seinfra
Policial Federal verifica documentos da Seinfra
Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão na Seinfra
Policial federal no Centro Administrativo
Policiais fazem buscas em gabinetes da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra)
Policial federal faz buscas na Secretaria da Infraestrutura
Viatura da AGU no Palácio de Karnak
Viatura da AGU e da Polícia Federal no Palácio de Karnak
Viatura da Polícia Federal saindo do Palácio de Karnak
Viatura da Polícia Federal no Palácio de Karnak
Polícia Federal faz buscas na Secretaria da Infraestrutura
Policial federal conversa com servidora da Seinfra
PF realiza buscas na Seinfra
Secretaria da Infraestrutura

Policiais federais e servidores da Controladoria Geral da União (CGU) cumpriram mandados de busca e apreensão da “Operação Satélites” na Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), localizada no Centro Administrativo de Teresina. A ação é um desdobramento da “Operação Topique” que apura um esquema formado por agentes públicos e empresários para o desvio de dinheiro em licitações relacionadas ao transporte escolar.

Sete agentes foram até local apreendendo documentos. O delegado da Polícia Federal Leonardo Portela foi até a secretaria e o diretor da Unidade Administrativa Financeira da Seinfra, Célio Augusto Machado, foi quem ajudou os policiais e repassou as informações sobre a localização dos documentos.

Grande parte dos funcionários ficaram do lado de fora da secretaria esperando que os policiais federais terminassem as apreensões dos documentos. O GP1 apurou que entre os alvos estão os contratos envolvendo a LC Veículos, do empresário Luís Carlos Magno Silva, que também foi preso na Operação Topique.

Operação Satélites

Segundo a Polícia Federal, a operação tem como objetivo a investigação dos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e crimes de licitação praticados por gestores públicos da Secretaria de Educação do Estado do Piauí (Seduc) e por empresários contratados para prestação de serviço de transporte escolar. Estima-se que pelo menos R$ 50 milhões foram desviados.

São 19 mandados de busca e apreensão em Teresina e Luís Correia. Na capital foram cumpridos mandados no Palácio de Karnak, na Secretaria da Infraestrutura, na Secretaria de Educação e na LC Veículos.

Topique

A operação prendeu em agosto de 2018 dois funcionários da Seduc e 23 empresários que são acusados de fraudarem licitações e de desviarem recursos públicos destinados à prestação de serviços de transporte escolar ao Governo do Estado e Prefeituras Municipais no Piauí e no Maranhão, custeados pelos recursos do Programa de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). A operação foi realizada em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) no Piauí.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Federal cumpre mandados no Palácio de Karnak

Operação Topique: TRF-1 manda soltar empresário Luiz Carlos Magno

Operação Topique: Locar Transportes movimentou R$ 346 milhões

Confira nomes de empresários e servidores presos na Operação Topique

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.