Piauí

Confira nomes de empresários e servidores presos na Operação Topique

Todos os envolvidos vão responder pelos crimes de peculato, fraude em licitação e estelionato.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

Está acontecendo durante todo o dia de hoje (03) as audiências de custódia dos presos na Operação Topique, da Polícia Federal. O juiz Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Piauí, preside as audiências.

A Operação desarticulou uma organização criminosa formada por várias empresas que são acusadas de fraudarem licitações e de desviarem recursos públicos destinados à prestação de serviços de transporte escolar ao Governo do Estado e Prefeituras Municipais no Piauí e no Maranhão, custeados pelos recursos do Programa de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). A operação foi realizada em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) no Piauí.

  • Foto: Thais Souza/GP1Polícia Federal no PiauíPolícia Federal no Piauí

Confira a relação dos presos na Operação Topique:

1. Lívia de Oliveira Saraiva

2. Charlene Silva Medeiros

3. Lana Mara Costa Sousa

4. Magna Ribeiro Da Silva Flizikowski

5. Maria Anniele de Fátima Almeida

6. Suyana Soares Cardoso

7. Sicília Amazona Soares Borges

8. Francisca Camila de Sousa Pereira

9. Paula Rodrigues de Sousa Dos Santos

10. Elisandra Pereira Lima

11. Lisiane Lustosa Almendra

12. Antônio Lima de Matos Da Costa

13. Luis Carlos Magno Silva

14. Carlos Augusto Ribeiro De Alexandrino Filho

15. Miguel Alves Lima

16. Odair Gomes Leal

17. Raimundo Félix Saraiva Filho

18. Rodrigo José da Silva Júnior

19. Luiz Gabriel da Silva Carvalho

20. Samuel Rodrigues Feitosa

21. Ester Marina Dantas Magalhães

22. Antônio Ribeiro da Silva

23. Nara Loyse Marques

A audiência de custódia é o instrumento processual que determina que todo preso em flagrante deve ser levado à presença da autoridade judicial, no prazo de 24 horas, para que esta avalie a legalidade e necessidade de manutenção da prisão.

Todos os envolvidos vão responder pelos crimes de peculato, fraude em licitação e estelionato.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

PF prende servidores da Seduc-PI e 21 empresários na operação Topique

Seduc-PI afirma que está colaborando com a Polícia Federal

PF investiga desvio de R$ 119 milhões na Seduc-PI e prefeituras

PF cumpre mandados na Secretaria de Educação do Piauí

MAIS NA WEB