GP1

Piauí

Prefeito Dr. Pessoa suspende todos os pontos facultativos de 2021

A deliberação foi anunciada nesta segunda-feira (18), após reunião com representantes do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindilojas-PI).

Após suspender as festas carnavalescas deste ano, a Prefeitura de Teresina decidiu cancelar todos os pontos facultativos previstos para os dias de folia, além de todos que seriam concedidos no ano de 2021. A deliberação foi anunciada, nesta segunda-feira (18), após reunião com representantes do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindilojas-PI).

Em entrevista ao GP1, o presidente do Sindilojas-PI, Tertulino Passos, elencou os dias que tiveram os pontos facultativos suspensos. "Nós fizemos uma solicitação e ele acatou. Seria de segunda até quarta de carnaval (15, 16 e 17 de fevereiro), 4 de junho, 11 de outubro, 18 de outubro e 1º de novembro", afirmou.

Foto: Lucas Dias/GP1Dr. Pessoa
Dr. Pessoa

"Ele [Dr. Pessoa] suspendeu todos os pontos facultativos, exatamente, para poder as atividades ficarem funcionando normalmente", completou o presidente.

Segundo o prefeito Dr. Pessoa, a resolução atende às recomendações das autoridades sanitárias da capital para o combate ao novo coronavírus (covid-19). “Se não vai haver carnaval, para que ponto facultativo? É uma determinação, pois se tivermos, poderemos estimular aglomerações e ainda estamos enfrentando uma pandemia”, pontuou o gestor.

Além de comunicar que não haverá paralisação das atividades do setor público, o Dr. Pessoa também solicitou aos empresários a manutenção das medidas de prevenção à doença estabelecidas nos protocolos de funcionamento do setor, como uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento social entre os funcionários e clientes em seus estabelecimentos, por exemplo. "Temos que caminhar com o econômico, mas resguardando vidas”, frisou.

Tertulino Passos, presidente do Sindilojas-PI, agradeceu a receptividade do poder público. “A cidade irá trabalhar normalmente, todos os dias, trazendo pontos positivos para a economia e para a saúde, pois não teremos aglomeração em clubes, chácaras e sítios”, pontuou um sindicalista, que encaminhou um ofício ao executivo municipal pedindo que a medida também seja aplicada em outras datas próximas aos feriados e costumavam ser “enforcadas”.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.