GP1

Piauí

Município de Bom Jesus está há quase 5 dias sem abastecimento de água

Procurada na tarde desta quarta-feira (20), a assessoria da Agespisa informou ao GP1 que órgão tem conhecimento do caso e que está tentando resolver o problema.

O município de Bom Jesus, no extremo Sul do Piauí, está sendo castigado pela Agespisa há quase cinco dias. Desde o último sábado (16) centenas de famílias estão sem abastecimento de água na cidade.

O prefeito de Bom Jesus, Nestor Elvas (MDB), contou ao GP1, na tarde desta quarta-feira (20), que pelo menos quatro bairros estão sendo atingidos pela falta de água. Os bairros mais prejudicados são: Serra Nova, Josué Parente, Alto Alegre e Residencial Ademar Diógenes.

Segundo o gestor, a prefeitura já cobrou explicações da Agespisa, mas a direção da estatal não prestou esclarecimentos.

Foto: Reprodução/FacebookNestor Elvas
Nestor Elvas

“Até agora a Agespisa não prestou informações. A prefeitura está com dois caminhões-pipa atuando nesses bairros afetados, mas não está dando conta de sanar as necessidades da população. Estamos cobrando mais agilidade", informou Nestor Elvas.

Outro lado

Procurada na tarde desta quarta-feira (20), a assessoria da Agespisa informou ao GP1 que o órgão tem conhecimento do caso e que está tentando resolver o problema.

Confira a nota na íntegra

A Agespisa informou, por meio da Assessoria de Comunicação que tem conhecimento do problema e que está tentando solucionar.

A situação foi causado pela queima de um cabo elétrico no poço conhecido como da Uespi. Como o mercado daquela região não dispõe deste tipo de equipamento, a empresa teve que comprar aqui em Teresina.

O cabo já foi enviado para Bom Jesus para que a equipe da empresa possa fazer a reposição e, consequentemente, solucionar o problema, o que deve acontecer nesta quinta-feira, 21.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.