GP1

Piauí

Presos que foram soltos na pandemia devem retornar aos presídios no Piauí

O retorno está sendo feito de forma escalonada. Ontem retornaram à Colônia Agrícola Major César de Oliveira, internos com iniciais de A até E.

Os mais de 900 detentos que estavam em prisão domiciliar no Piauí por conta da pandemia começaram a retornar de forma escalonada aos presídios nessa quinta-feira (21), conforme informado pela Secretaria de Justiça.

Os presos foram soltos ainda em março de 2020, quando a pandemia de coronavírus começou a se agravar, e permaneceram sob monitoramento eletrônico. Devido a quantidade de detentos, o retorno dos apenados ao sistema prisional está ocorrendo de forma escalonada.

Ontem retornaram à Colônia Agrícola Major César de Oliveira, internos com iniciais de A até E. Já na Unidade de Apoio Semiaberto e na Penitenciária Feminina de Teresina todos os apenados (as) retornaram.

No próximo dia 25, retornam ao sistema prisional detentos das unidades Cadeia Pública de Altos, Casa de Detenção de Altos, Penitenciária Professor José Ribamar Leite e Penitenciária Irmão Guido.

No dia 26 será feita a recondução de presos em unidades penitenciárias do interior do estado. Na região Norte: Penitenciária de Parnaíba, Penitenciária de Esperantina e Penitenciária Regional de Campo Maior. No dia 27, será a vez do retorno na Penitenciária Gonçalo de Castro Leite, Penitenciária de Picos e Penitenciária de Oeiras.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.