GP1

Piauí

DNIT vai fechar retornos para obra de rebaixamento da Avenida João XXIII

Os retornos fechados serão localizados nas proximidades da “rodoviária dos pobres”, na saída para Altos.

A Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI) realizou, nesta quinta-feira (18), coletiva de imprensa juntamente com representantes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para tratar sobre a obra de rebaixamento da Avenida João XXIII com a Zequinha Freire, na Ladeira do Uruguai. A reunião aconteceu no auditório do DNIT.

O superintendente do DNIT, José Ribamar Bastos, informou que todos os retornos localizados nas proximidades da “rodoviária dos pobres”, na saída da BR 343 para a cidade de Altos serão fechados. “Nós vamos fechar os retornos próximo a conhecida como ‘rodoviária dos pobres’ e o retorno próximo à rotatória da João XXIII, porque nós vamos fechar a rotatória e preparar aquele segmento da BR para receber a obra de rebaixamento da João XXIII”, afirmou.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Ladeira do Uruguai
Trânsito na Ladeira do Uruguai

“O objetivo é acabar definitivamente com a rotatória e implantar essa obra para o tráfego ir normalmente sem ter engarrafamentos que hoje tem e está aumentando cada dia, por conta desses empreendimentos imobiliários que estão se instalando nas margens da BR 343 no sentido Altos”, completou Ribamar Bastos.

Foto: Alef Leão/GP1José Ribamar Bastos
José Ribamar Bastos

José Ribamar explicou ainda que em 4 anos o número de veículos que passa no local aumentou de 22 mil diários para 30 mil fazendo com que haja necessidade de melhorar o tráfego. “Em 2017, quando foi iniciado esse projeto, foram contabilizados 22 mil veículos por dia e hoje já são 30 mil. Então, não tem mais horário de pico, toda hora tem congestionamento. A gente firmou uma parceria com a prefeitura de Teresina para ajudar nesse estudo de como deixar o tráfego para receber a obra, através da SEMDUH, da STRANS e também da PRF. A gente fez um planejamento para poder executar a obra, causando o menor transtorno possível aos usuários da rodovia”, concluiu.

Foto: Alef Leão/GP1Coletiva de imprensa
Coletiva de imprensa

De acordo com o policial rodoviário federal Cendon, chefe do setor de operações, a PRF vai montar um plano de sinalização para garantir o fluxo de veículos no local. “A intervenção será a mínima para o fluxo atual, fazendo a interdição da rotatória. A PRF vai acompanhar toda essa evolução dessa sinalização, da colocação desse material do início da obra, e aí sim a gente vai montar nosso plano de sinalização junto com o DNIT para que o fluxo tenha circulação tranquila ali na área”, relatou.

Foto: Alef Leão/GP1PRF Cendon
PRF Cendon

O projeto do rebaixamento está orçado em R$ 22 milhões e a conclusão da obra está prevista para dois anos. As obras serão bancadas pelo Ministério da Infraestrutura e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.