GP1

Piauí

UFPI aprova retomada de aulas presenciais para dia 20 de junho

O formato de aulas do novo semestre foi definido em reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) definiu nessa segunda-feira (09) que o próximo semestre letivo com as atividades acadêmicas presenciais dos Colégios Técnicos, cursos de graduação presenciais e de Pós-Graduação da Instituição, será retomado no dia 20 de junho. O formato de aulas do novo semestre foi definido em reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPEX).

A resolução aprovada estabelece atividades presenciais de no mínimo 80% da oferta de disciplina dos cursos. Na graduação, as aulas do período 2022.1, terá o Calendário Acadêmico aprovado e publicado em breve. O retorno presencial considera a redução das taxas de transmissão da covid-19 e a publicação de normativas estaduais que permitem a flexibilização das medidas de segurança.

Foto: Lucas Dias/GP1Pórtico da Universidade Federal do Piauí
Pórtico da Universidade Federal do Piauí

Com a aprovação da resolução, os colégios técnicos, as coordenações de cursos de graduação, chefias de departamentos e os programas de pós-graduação devem articular suas ofertas de componentes curriculares em formato presencial.

Em situações excepcionais, a resolução permite a realização de atividades acadêmicas com uso de tecnologias digitais, inovações tecnológicas e metodologias ativas, até o limite de 20% da oferta, como em eventual agravamento da pandemia e para permitir adiantamento curricular ou como estratégia para diminuir atrasos. A resolução traz, ainda, a possibilidade da apresentação mediada por tecnologias de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), além de qualificações e defesas de dissertações e de teses de cursos de pós-graduação.

A resolução que regulamenta o novo semestre está em linha com a Instrução Normativa Nº 36/2022, do Ministério da Economia, publicada em 5 de maio, que determina a volta ao trabalho presencial a partir de 6 de junho de 2022 de todos os servidores e empregados civis da Administração Pública Federal.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.