GP1

Polícia

Mulher é presa acusada de comandar incêndios em Teresina

De acordo com o delegado Carlos César, detentos da Casa de Custódia de Teresina acionaram pessoas fora do sistema prisional e deram ordens para promover incêndios em vários pontos da Capital.

Os policiais do Grupo de Repressão o Crime Organizado (Greco) deflagram na manhã desta quinta-feira (24) a Operação Coerção e prenderam uma mulher identificada como Fabiana da Silva Ivo, acusada de participação nas ações que resultaram em vários incêndios a ônibus registrados no início da semana em Teresina.

De acordo com o delegado Carlos César, detentos da Casa de Custódia de Teresina acionaram pessoas fora do sistema prisional e deram ordens para promover incêndios em vários pontos da Capital. Fabiana foi interceptada pelo Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, recebendo ligações de presos para que repassasse as ordens a terceiros, que realizaram os incêndios. "A operação tem a ver com o motim realizado na Casa de Custódia e outras tentativas de motins e suas implicações fora dos presídios, como a queima de ônibus e veículos automotores. A pessoa presa é uma mulher que recebeu ligações telefônicas de outro preso de dentro da Casa de Custódia, mandando queimar ônibus em Teresina", ressaltou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Carlos CésarDelegado Carlos César

De acordo com o delegado Laércio Evangelista, que preside as investigações do inquérito, Fabiana é companheira de um detendo do Piauí, identificado como Jonatas Nilson Oliveira da Silva, acusado de homicídio. Além dela, outras seis pessoas têm envolvimento com os incêndios registrados na Capital.

“Vamos procurar arrecadar mais provas para ver a possível ligação dessas pessoas com uma organização criminosa. A Fabiana está sendo investigada por conta de ser esposa de um detento [Jonatas], que estaria liderando essa organização criminosa de dentro da Casa de Custódia. E motivo [dos motins e incêndios] é uma forma retaliação em virtude de algumas medidas adotadas pelo sistema prisional, como instalação de câmeras de monitoramento, algumas medidas de segurança adotadas recentemente [...] mas essas manifestações foram inibidas”, comentou.

  • Foto: Thais Souza/GP1Delegado Laércio EvangelistaDelegado Laércio Evangelista

Ainda durante as diligências da Operação Coerção, policiais prenderam um homem em flagrante, identificado como Ruan Carlos Alves Barbosa, 24 anos, após encontrá-lo com drogas e duas balanças de precisão em uma casa no bairro Renascença, zona sudeste de Teresina.

Há ainda outros 24 mandados de busca e apreensão que estão sendo cumpridos no decorrer desta manhã. As ações estão sendo realizadas através da Secretaria de Segurança Pública do Piauí em conjunto com a Secretaria de Justiça, com o apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, e Diretoria de Inteligência e Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.